Cajazeiras-PB, 21/10/2017

Ricardo vai submeter-se a “desintoxicação” e Paraíba terá quatro governadores em nove dias

Com a confirmação pelo governador Ricardo Coutinho (PSB) de que vai tirar licença do cargo para submeter-se a “uma desintoxicação revigorante” em uma fazenda do interior de São Paulo, a Paraíba terá quatro governadores em cerca de nove dias. De acordo com a ordem constitucional da sucessão, assumirão a chefia do Executivo a vice-governadora Lígia Feliciano (PDT), o presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino (PSB) e o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque. A solenidade de transmissão do cargo para Lígia, mulher do deputado federal Damião Feliciano, já está prevista para o dia 23. Ricardo reassume antes do Réveillon.

– O meu empenho é no sentido de que não haja descontinuidade nas ações administrativas – salientou Ricardo Coutinho, acrescentando que não costuma se ausentar do governo mas precisa de um descanso para repor energias e enfrentar os desafios do próximo ano, numa conjuntura de incertezas como e vaticinou durante entrevista transmitida, ontem, pela rádio Tabajara, emissora oficial do Estado. Sem entrar em detalhes, Coutinho frisou que foi convidado para conhecer uma fazenda no interior paulista. Ele completa cinco anos, onze meses e doze dias de gestão. Na entrevista, ontem, além de anunciar ampliação do custeio da Saúde, RC prometeu aumentar repases para projetos de inclusão social, a exemplo dos projetos Gira Mundo e Prima.

OS GUEDES

SOBRE Christiano Moura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *