[REUDESMAN LOPES] Segunda Divisão agoniza


O Tribunal de Justiça Desportiva da Paraíba (TJD-PB) concedeu uma liminar garantindo a participação do Grêmio Serrano na disputa da 2ª divisão do Campeonato Paraibano de 2016. A diretoria do Lobo da Serra entrou na justiça desportiva com a alegação de que havia regularizado sua situação com relação ao Profut e, estava liberado para participar da competição nacional.

Em sua decisão, o presidente do TJD, Lionaldo Santos Silva, afirma que com a regularização do clube junto ao Profut, a Federação Paraibana teria que incluir o Serrano na disputa. E determinou que a Federação Paraibana de Futebol reorganizasse a tabela do Grupo do Agreste  após a rodada do dia 4 de setembro de 2016 para à imediata inclusão do Grêmio Serrano no Campeonato Paraibano da 2ª Divisão.

Mesmo com o Campeonato Paraibano da 2ª divisão já em andamento, a Federação Paraibana de Futebol (FPF) foi obrigada a incluir o Grêmio Serrano no grupo do Agreste da competição, por força de uma liminar deferida pelo Tribunal de Justiça Desportiva da Paraíba nesta sexta-feira 2.  Com isso, a tabela da competição vai precisar ser alterada, já que o grupo passou a ter mais um clube. Antes, Sport Campina e Lucena decidiam apenas quem seria o primeiro e segundo colocados, uma vez que ambos já estavam classificados para a segunda fase – o regulamento prevê a classificação de dois times para o mata mata. Além do Serrano-PB, outro time que acabou ficando fora da 2ª Divisão foi o Cruzeiro de Itaporanga.

Da mesma forma, o Grupo do Sertão acaba classificando todos os participantes para o mata mata – no caso, Nacional de Patos, Sabugy e Nacional de Pombal. A bagunça não parou, teve de tudo na partida de estreia do Grupo do Agreste na 2ª divisão do Campeonato Paraibano. Neste domingo, Sport Campina e Lucena se enfrentaram no Estádio Presidente Vargas e protagonizaram uma das partidas mais movimentadas da rodada. E isto dentro e fora do campo.

No final, o prejuízo maior ficou para o Carneiro, que abriu 2 a 0 no placar e viu o Tubarão empatar o jogo quando a partida já estava perto do fim. A pior parte? O gol de empate saiu quando o campo de jogo já estava numa quase completa escuridão. Havia uma ordem do Treze, o dono do estádio, para que os refletores não fossem acesos, o atraso trouxe problemas mais para o fim do duelo. Os últimos dez minutos da segunda etapa, assim, foram literalmente às escuras. E assim vai, agonizando a segunda divisão.

bolamurcha1_800x591

Aos 49 – O Botafogo no G-4, buscando a liderança. O Confiança no Z-2, em penúltimo, lutando para escapar do rebaixamento. Jogo na casa do Belo, Confiança com seis desfalques e jogando com um a menos desde o início do segundo tempo. Um jogo de ataque contra defesa. O Botafogo atacava e o Confiança se defendia. Deu a lógica? Sim! O time paraibano venceu, porém foi no sufoco, com traços épicos, gol da vitória nos últimos segundos, 2 a 1 foi o placar. O gol da vitória saiu apenas nos acréscimos, de novo na base da persistência. Djavan acertou um chute forte de fora da área e desta vez Belliato não conseguiu fazer milagre.

Já começou – O presidente Tiko Miudezas nos falou que o Paraíba Esporte Clube já está em pleno planejamento para a temporada 2017. Nesta etapa inicial, uma programação marca a ida de integrantes da sua comissão técnica para observar alguns jogos em cidades desta nossa região que integra os estados da Paraíba, Ceará, Rio Grande do Norte e Pernambuco. O tricolor estuda a construção de um Centro de Treinamento que abrigaria os atletas profissionais e começaria com força total um trabalho com as categorias de base do clube.

BOLA DENTRO – Para as avaliações feitas pelos participantes do Curso de Personal realizado pela FASP em Cajazeiras. O que se nota é o interesse e a vontade de uma aprendizagem moderna e inovadora. Com isso vai a NOTA 10!

BOLA FORA – Para tudo de péssimo que sempre acontece com a nossa segunda divisão. Quando se pensa que ela vai decolar, logo vem estádios às escuras, nova tabela e públicos que não pagam sequer as suas despesas. Infelizmente, a NOTA 0!

Previous [RAFAEL HOLANDA] Construir
Next [FRASSALES CARTAXO] Pausa para dona Belinha

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *