[RAFAEL HOLANDA] Nós


Vamos pela mesma estrada, onde o nosso olhar possa transformar pequenos galhos de uma árvore, em folhas verdes de esperança, que por sua potencialidade transforme em sombras aos que sofrem no calor do sol da vida.

Vamos discutir o que devemos fazer, para que possamos com a força da esperança ressurgida compreender que a vida por sua forma cíclica é capaz de trazer as mesmas lágrimas que abandonamos no trajeto desta longa viagem.

Não esqueçamos que a tempestade que assola uma vida não passa apenas uma vez, pois os sopros de bonança podem se perder por uma simples brisa, quando nos esquecemos de aliviar uma tristeza.

Saibamos entender que o riso se desfaz em segundos, que a paz pode se perder em precipícios que construímos, que a felicidade, assim, como um grande edifício pode ruir sem deixar resquícios.

Lembremos que a lágrima é uma manifestação de alegria e tristeza, pois no caminho onde impera a alegria haverá sempre de ter uma luminosidade sem igual, mas as nuvens da escuridão surgem em momentos menos esperados..

Vamos abraçar a todos; distribuir palavras que confortem; encontrar uma maneira de iniciar o dia, onde o sol lhe seja de uma serenidade sem igual, e assim ao por do sol ter a certeza de ter cumprido o que nos foi orientado.

Não busque se afastar antes de ouvir; não destrua com palavras o que pode edificar; não se queixe das quedas que a vida nos impõe, apenas compreenda; pois para que tudo seja a bênção deve começar por nós.

resilencia-sexual

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *