Cajazeiras-PB, 17/10/2017

[RAFAEL HOLANDA] Ajoelhe-se

Todos perdem tempo em acreditar na força da ciência, destituindo da verdade a força de Deus,mas não acreditam que em provérbios podemos encontrar:o Rei tudo escondeu, compete as seus súditos encontrarem.

O mundo se perde com a rotação da terra, pois a cada segundo há uma agressão familiar, os filhos agridem os pais e a morte por sua potencialidade leva jovens em plena maturação.

Não buscamos florescer dias de forma justa, não buscamos a paz em abundância até que aos nossos olhos venha a cessar o haver do nascer do sol.

Devemos nos curvar as benesses do Senhor e realizarmos o direito de acudir o necessitado, piedade para o fraco, pois haveremos de redimir as fraquezas da nossa alma.

Já cansamos de tantas lágrimas, já não suportamos tantos sofrimentos, quando na realidade o que esperamos é um mundo onde a paz se torne luminosidade na consciência dos que sufocam a vida.

Não façamos do nosso dia um lástima, pois a noite em nosso leito a mente se perde na vergonha de si mesmo e em decorrência de tudo isto é o pesadelo permanente.

Chega de violência; chega de lágrimas, vamos juntos plantar para que floresça a beleza da bondade, onde antes eram campos destruídos por nossas vaidades.

Cantemos a glória do Senhor, em versos sinceros e não em estrofes que não condizem com a nossa sinceridade, por serem moldadas em arranjos das nossas incertezas.

ajoelhado

SOBRE RAFAEL HOLANDA

RAFAEL HOLANDA
Médico e escritor. Reside em Campina Grande-PB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *