Radialista atribui sua demissão a perseguição política em Cajazeiras


kleber-gomes-01O radialista e ex-candidato a vereador de Cajazeiras, Kléber Gomes, anunciou nesta quinta-feira (1º), sua saída da Rádio Patamuté FM, que pertence ao empresário José Cavalcante, que também é proprietário da Rádio Difusora AM.

Em contato com a reportagem do Diário do Sertão, Kléber atribuiu sua demissão a perseguição política, por ter sido candidato pela coligação da prefeita Denise Albuquerque (PSB) e seguido politicamente a atual gestora.

Kléber disse que sua posição política não agradou o futuro prefeito de Cajazeiras, o deputado Zé Aldemir: “Acredito que foi ele, pois não tem outra motivação”.

Ele declarou que falta “liberdade de expressão” na imprensa local, e acrescentou: “Somos muito perseguidos”.

O outro lado – Já o diretor de programação da emissora, o radialista Eutim Rodrigues disse que o colega está ‘magoado’ com a demissão, que nada tem haver com política, pois a empresa está fazendo um “enxugamento no quadro de funcionários” e a demissão trata-se de contenção de despesas.

Previous Zé Aldemir anuncia equipe de auxiliares da nova administração municipal de Cajazeiras
Next Polícia estoura ponto de venda de drogas no Beco de João de Manezinho, na Asa Sul

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *