Cajazeiras-PB, 23/10/2017

Programa Mais Alimentos firma primeiro contrato internacional

Programa Mais Alimentos  2014

Nessa segunda-feira (28), foi assinado o primeiro contrato comercial do programa Mais Alimentos Internacional com o Zimbábue, durante a abertura da 21ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação (Agrishow 2014), um dos maiores eventos do agronegócio da América Latina, realizado em  Ribeirão Preto (SP).

A formalização do contrato entre as empresas brasileiras e o governo do Zimbábue foi da ordem de U$ 35 milhões (R$ 72 milhões) e representa o sucesso do programa do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) que, em cinco anos, foi responsável por mais de 500 mil contratos realizados e que conta com quase 500 indústrias de máquinas.

“O Brasil se tornou referência em produção de tecnologia para todos os perfis de produção – grande, média e pequena escala”, disse  o ministro do Desenvolvimento Agrário (MDA), Miguel Rossetto, na cerimônia de abertura do evento. Segundo o ministro, o programa Mais Alimentos vem permitindo que a boa tecnologia se estenda para todas as propriedades produtivas do Brasil. “Todos os agricultores brasileiros têm o direito de acessar o que há de melhor e mais moderno do ponto de vista da tecnologia”, destacou Rossetto.

“Todos esses agricultores buscam ampliar sua produtividade e sua capacidade de usar da melhor maneira possível os recursos que dispõem. Melhor produtividade representa melhor renda, melhor qualidade de vida para esses produtores e maior contribuição para o País”, afirmou o ministro.

Rossetto recebeu, em nome de um produtor, a homenagem ao agricultor Fernando Kubota, de Brasília, o primeiro a adquirir um trator pelo programa Mais Alimentos.

“Os pequenos e os médios produtores do País produzem muito e compõem, juntamente com os grandes proprietários, uma força de trabalho extraordinária.  O MDA é responsável pelo programa Mais Alimentos, que foi construído para encontrar mecanismos de estímulo à indústria de máquinas e aos agricultores brasileiros. Desse encontro de necessidades e de oportunidades, foi construído o programa”, Rossetto assinalou.

O presidente da Agrishow, Maurílio Biagi Filho, falou sobre a importância do setor do agronegócio para o País, que ele apontou como estratégico para o desenvolvimento econômico e social. Ele salientou a representatividade da agricultura familiar, com seus mais de 4 milhões de estabelecimentos rurais produtivos e responsável por 74% da mão de obra do campo.

Participaram do encontro: representantes do setor de indústria e equipamentos de todo o país; o secretário nacional da Agricultura Familiar, Valter Bianchini; o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Neri Geller; o ministro do Esporte, Aldo Rebelo;  a secretária de Agricultura do estado de São Paulo, Mônica Bergamarschi; além de parlamentares e representantes do governo do estado.

Feira – Ribeirão Preto (SP) recebe milhares de produtores rurais de vários lugares do Brasil e do mundo para a 21ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação (Agrishow 2014).

Os organizadores da feira esperam receber cerca de 170 mil visitantes até o dia 2 de maio.

Um estande de 2,5 mil m2 do Programa Mais Alimentos, do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), reúne instituições bancárias, agência de assistência técnica (Ater) e mais de 50 empresas de máquinas – que levarão cerca de 100 produtos para serem expostos.

MDA

SOBRE Christiano Moura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *