Professor cajazeirense finaliza período como pesquisador visitante em universidade da Inglaterra

Ele foi acomodado como pesquisador visitante na Aston University – Aston Business School, em Birmingham, Inglaterra

AM3 – 250×250

O crofessor cajazeirense do IFPB/Campus de Cajazeiras e doutorando em Ciências da Computação pelo Centro de Informática da UFPE, Francisco Daladier Marques Júnior, finalizou no último dia 18 de abril o período de seis meses em que foi acomodado como pesquisador visitante na Aston University – Aston Business School na cidade de Birmingham – Inglaterra.

Um dos frutos de suas pesquisas em otimização do tráfego de redes virtuais foi a apresentação do seu mais importante trabalho na DEA40 – Conferência Internacional em Data Envelopment Analysis (DEA), intitulado: “Evaluating the fractal behaviour of Virtual Networks with an Inter-temporal Multiplicative DEA model – Introducing the Windows DEA Multiplicative Model”. A Conferência DEA Internacional é realizada anualmente e é a mais importante Conferência mundial em DEA, onde na edição deste ano comemorava-se os 40 anos da criação da DEA e foi realizada na Aston University.

EQUIPE DE ORGANIZAÇÃO DO EVENTO (FOTO: ACERVO PESSOAL)

O professor Daladier Júnior atuou na organização do evento como delegado ponderando que: “É uma honra ser o único pesquisador dos IFETs a estar sempre participando desta importante Conferência Internacional, bem como tive sorte de criar um novo modelo matemático, que retifica um dos modelos dos inventores da técnica no ano que esta completa 40 anos, de certo será o legado de um cajazeirense para posteridade”.

O professor Daladier Júnior foi orientado pelo Professor Ali Emrouznejad, uma das maiores referências mundiais em DEA e avaliação de desempenho, escritor de várias livros especializados em DEA e afins, sendo ao mesmo tempo editor de vários periódicos relevantes, sócio do software de avaliação de eficiência PIM-DEA, mantenedor do site www.deazone.com, líder do Departamento: Operations & Information Management, da Aston Business School, enfim um dos mais relevantes departamentos do mundo nesta área de atuação.

O cajazeirense afirmou que o objetivo da sua pesquisa era avaliar o comportamento de distintas configurações de redes de computadores virtuais, que podem ser usadas para prestar serviços em ambientes de computação nas nuvens, Internet das Coisas, etc..

Neste ínterim, o professor Daladier Júnior avaliou o desempenho de cada uma destas configurações virtuais em períodos de tempo padrão, ora calculados. Em seguida, estas configurações foram transformadas em Unidades Tomadoras de Decisão (Decision-Making Units (DMUs)), para que o modelo matemático proposto escolha a solução ótima, visando a melhor prestação de serviços de redes virtuais, segundo as variáveis escolhidas,  objetivando que o serviço seja entregue com maior velocidade, estabilidade e memória ao longo do tempo, segundo uma rigorosa Avaliação Fractal. Vale ser ressaltado que todos os experimentos foram realizados no Brasil, sendo que na Inglaterra foi realizada a sintonia matemática dos resultados.

“A partir deste trabalho os prestadores de serviços virtuais terão de utilizar-se desta metodologia para prestarem serviços mais velozes e estáveis na Internet ao longo do tempo, além de que nossa metodologia de avaliação de desempenho poderá ser portada, para avaliar de forma mais acurada, qualquer tipo de sistema computacional, não se limitando apenas às redes virtuais”, ressaltou Daladier Júnior.

O professor finaliza que: “Agora este aprendizado será repassado aos cajazeirenses e sertanejos no IFPB/Campus de Cajazeiras, onde espero dar minha contribuição para que possamos fazer de Cajazeiras e região uma terra de oportunidades, pelo viés de uma educação ainda mais Inclusiva & Inovadora, tanto com a criação do IFSPB, quanto com o fomento do Parque Tecnológico do Sertão em Cajazeiras. Enfim, com o intuito de atrairmos empresas de tecnologia e mudarmos a realidade de nosso povo pela Educação, assim espero”.

ELIANE BANDEIRA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.