Shop » LIVROS » Guerra ao fanatismo – A diocese de Cajazeiras no cerco ao padre Cícero

Guerra ao fanatismo – A diocese de Cajazeiras no cerco ao padre Cícero

R$ 40,00

Autor: Francisco Sales Cartaxo Rolim

2016 – 1ª edição – 176 páginas

Em estoque

Categoria

Descrição

Quais os efeitos da separação da Igreja do Estado imposta pela República? Por que o fanatismo religioso em torno do padre Cícero atemorizou a Igreja? Por que o Vaticano o puniu? A instalação do bispado em Cajazeiras se deve ao prestígio dos donos do poder local? A imagem do padre Inácio Rolim influenciou a escolha da sede da diocese? A Igreja se aliava aos coronéis? Como eram vistos os cangaceiros? Essas questões, isoladas na aparência, se encaixam sob o olhar crítico de Cartaxo Rolim, que encontrou respaldo acadêmico e percorreu, seletivamente, a história do Brasil, do ocaso do Império ao começo do século XX, para fundamentar ousadas afirmativas.

Fatores históricos nacionais e regionais, relacionados com a estratégia de atuação da Igreja, são esmiuçados no ensaio, no qual aflora a contradição entre a concepção da hierarquia católica e a crença popular na santidade do padre Cícero.

Tal descompasso é tratado aqui com isenção. A expansão territorial da Igreja no Nordeste, após a extinção do padroado, sofre a influência da decisão da cúpula do clero de estabelecer um cerco ao fanatismo religioso. Fanatismo derivado dos “fatos extraordinários do Joaseiro” e da transformação do padre Cícero em mito. Na ótica oficial, as romarias a Juazeiro representavam um perigo, numa época em que a sombra de Antônio Conselheiro ainda se projetava com vigor. Tudo isso, associado a alianças de coronéis e cangaceiros, assustava à Igreja no Brasil.

O livro esquadrinha fatos históricos, confronta opiniões contemporâneas dos acontecimentos. Daí as constantes referências à situação política e religiosa da Paraíba e do Ceará, no começo do século XX. Para isso, o autor recorreu à extensa bibliografia, cartas pastorais e outros documentos. E consultou centenas de exemplares do jornal A Imprensa, órgão oficial da diocese da Paraíba, fonte indispensável para captar o ponto de vista da Igreja acerca do fanatismo religioso e do papel exercido pelo padre Cícero.

Fruto de mais de dois anos de estudos, este livro procura desfazer, também, alguns equívocos repetidos pela tradição oral e incorporados pela historiografia paraibana. Emblemática é, por exemplo, a falsa disputa que teria havido entre cidades sertanejas para sediar o bispado, criado em 1914 no sertão da Paraíba.

Informação adicional

Peso 315 g
Dimensões 21 x 14.5 x 1.5 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Guerra ao fanatismo – A diocese de Cajazeiras no cerco ao padre Cícero”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MENU

Back