Processo de licitação para o IML de Cajazeiras continua indefinido


Uma notícia nada animadora preocupa a população da região de Cajazeiras que luta pelo erguimento do Instituto de Medicina Legal  (IML). Conforme informações do empresário Alexandre Costa, o projeto de licitação técnico e hidráulico que servirá a edificação da obra ainda encontra-se na mesa da diretora da Suplan Simone Guimarães sem nenhum avanço. O Governo do Estado tem dificuldades para concluir processo licitatório dessa primeira fase, cujo valor não chega a R$ 40 mil reais fazendo com que a reivindicação da população de Cajazeiras e região fique sem perspectiva para a sua edificação.

Uma campanha foi iniciada pela sociedade civil organizada de Cajazeiras há quase um ano com o objetivo de arrecadar fundos para a construção do IML. Diante da grande repercussão, o Senador Raimundo Lira disponibilizou recursos de sua emenda e o próprio governo do Estado tratou de contribuir sendo conseguido o equivalente a R$ 2,5 milhões de reais para a obra.

Apesar dos recursos garantidos, a obra do IML que já possui terreno próprio doado pela Prefeitura de Cajazeiras adormece permanecendo na estaca zero.

Com isso, a população continuará sofrendo, sabe lá até quando, tendo que ver corpos de familiares estendidos ao solo esperando a vinda de rabecão de muitas das vezes tem que se deslocar de Patos, Catolé do Rocha, pois, o veículo utilizado para remoção de cadáver só vive com problemas mecânicos. Sem falar no tempo que é perdido para a remoção dos corpos que ao serem levados para Patos, muitas das vezes não chegam a tempo de serem velados.

costa-1

Previous Justiça manda soltar acusado de matar namorada cajazeirense com tiro
Next Ligações interurbanas entre municípios da região de Cajazeiras ficarão mais baratas

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *