Cajazeiras-PB, 21/10/2017

PRF lança a Operação Romarias em todo o Nordeste; fiscalização estará concentrada na BR 230

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) dá início a Operação Romarias 2016, que começa hoje (01), e seguirá até o dia 01 de novembro. As ações de fiscalização abrangerão vários estados do Nordeste. Na Paraíba, os trabalhos estarão mais concentradas entre Campina Grande e Cajazeiras, Sertão do Estado.

O evento religioso das Romarias acontece a mais de 120 anos entre os meses de setembro e novembro, levando para os municípios envolvidos um grande número de fiéis, denominados “romeiros”. Como exemplo, na cidade de Juazeiro, segundo dados da Prefeitura Municipal, o número de fieis chega a 2,5 milhões. Na Moto Romaria, os organizadores do evento falam em números que ultrapassam os 60 mil motociclistas que, em sua maioria, saem da capital Fortaleza até Canindé. Vários desses fiéis partem da Paraíba ou cruzam o estado para chegar ao destino no Ceará.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) considera este fenômeno um motivo de preocupação quanto a segurança viária em todas as rotas que levam aos locais de romarias no Ceará. Por isso serão reforçadas as ações de educação para o trânsito, policiamento e fiscalização na prevenção e redução dos acidentes e no combate a ações delituosas, bem como o aumento da percepção de segurança nas rodovias federais das regiões mais impactadas com o evento religioso. Destacando o significativo aumento do tráfego de pedestres, motocicletas, caminhões e ônibus usados no transporte de passageiros.

prf4

Cinema Rodoviário para religiosos e fiéis – Diversas ações do Grupo de Educação de Trânsito (Getran) da PRF serão desencadeadas ao longo do período da Operação Romarias. A problemática da falta de segurança relativa ao transporte de fiéis será tratado com religiosos das mais diversas dioceses. Serão ministradas palestras do Cinema Rodoviário em associações de romeiros e nas cooperativas de motoristas ou empresas que realizam o transporte dos fiéis até os eventos religiosos.

Pau de arara – Um dos transportes mais conhecidos de romeiros eram os caminhões conhecidos como pau de arara, que levavam os fiéis em suas carrocerias cobertas com lonas para proteção contra o sol e só. Não havia cintos de segurança ou quaisquer outros itens que pudessem garantir a segurança dos passageiros, contrariando as normas de trânsito brasileira. Hoje em dia o transporte dos romeiros é feito na sua maioria em ônibus, que devem estar devidamente registrados na Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e em perfeito estado de conservação, além de possuir o seguro para os passageiros. A principal preocupação da PRF é certificar-se de que estes ônibus estarão em situação regular. Caso contrário, serão autuados e, em alguns casos, retidos. Nos casos de retenção a empresa autuada terá que providenciar de imediato um outro ônibus regularizado para que os romeiros possam seguir viagem até os seus destinos com total segurança.

Transporte seguro – A PRF alerta os fiéis da importância de contratar empresas de transporte credenciadas na ANTT. Mesmo que seja um motorista com transporte próprio, seja ônibus ou van, este deve ser cadastrado na agência. Existem vários operadores de transporte clandestinos, que aproveitam o período para vender pacotes sem qualquer garantia de qualidade dos serviços. O risco é maior ainda quando estes usam veículos em mau estado de conservação, fato que potencializa os riscos de acidentes.

Áreas de fiscalização – As ações de fiscalização estarão abrangidas entre a região de Campina Grande e Cajazeiras, no Sertão paraibano.

Calendário de eventos

PERÍODO EVENTOS NO CEARÁ
01 a 10 de setembro Romaria de Nossa Senhora das Dores
06 a 13 de outubro Romaria de São Francisco
30 de setembro a 01 de novembro Finados

SOBRE Christiano Moura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *