Policial vítima de acidente em Cajazeiras não apresenta função cerebral, diz médico


O cabo Marcelo Fernandes da Costa, do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), que está internado no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, não apresenta mais função cerebral. A informação foi confirmada pela unidade de saúde na manhã desta segunda-feira (24). Ele sofreu um acidente quando pilotava uma motocicleta no sábado (22) em Cajazeiras.

De acordo com a Polícia Militar, a vítima transitava numa motocicleta quando um carro cruzou uma via indevidamente e atingiu o cabo, que foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O condutor do veículo foi preso em flagrante.

Segundo o neurocirurgião que acompanha o caso, Thiago Martins, uma avaliação foi feita nesta segunda-feira após o efeito da sedação no policial passar. “Ele não apresenta mais função cerebral, nem de tronco cerebral. Também não está podendo respirar sozinho”, explicou.

O médico ainda informou que o protocolo a ser seguido a partir de agora é estabelecido pelo Conselho Federal de Medicina. Um exame transcraniano deve ser feito para comprovar a ausência de fluxo sanguíneo e após 12 horas um outro médico vai realizar uma nova avaliação para confirmar a morte encefálica.

marcelopolicial_556x600

Previous Falta d'água afeta 175,6 mil pessoas na região do Alto Piranhas
Next Senador Deca anuncia R$ 1,3 milhão em emendas para Cajazeiras

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *