Cajazeiras-PB, 21/10/2017

PIB do Piauí cresce três vezes mais do que o do Brasil

PIAU

O PIB (Produto Interno Bruto) do Piauí registrou crescimento de mais de 6% no ano de 2011 e se consolida como um dos estados que mais crescem no país e no Nordeste. A informação foi dada ontem pelo presidente da Fundação Centro de Pesquisas Econômicas e Sociais do Piauí (Fundação Cepro), Magno Pires. Os dados completos do PIB 2011 serão divulgados hoje, em entrevista coletiva a partir das 8 horas, na Secretaria das Cidades.

Os dados gerais do PIB, que é a soma das riquezas produzidas pelo Estado em 2011, serão divulgados pela Fundação Cepro e IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Magno Pires adiantou que o crescimento do PIB é quase três vezes maior que o Produto Interno Bruto do país, que Brasil apresentou crescimento de 2,7% naquele ano. “Lá serão divulgados todos os dados, com os números exatos para mostrar o crescimento do Estado”, diz o presidente da Fundação Cepro.

Ele acrescentou ainda que de 2007 até 2011 o Piauí tem apresentado um crescimento de R$ 2,5 bilhões por ano. “Esse crescimento também apareceu no último PIB”, relata Magno Pires. Para o presidente da Fundação Cepro, o principal motivo do crescimento são os investimentos do Governo do Estado e Federal, além da produção em larga escala de grãos nos cerrados piauienses. “O ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) aumentou e, com isso, o Estado pôde investir mais”, explica.

Os dados apresentam ainda que de 2002 até 2011 o crescimento foi de 400%. Com relação aos setores da economia, o que mais apresentou crescimento foi o agronegócio, no qual a soja mereceu uma atenção especial, já que dos 2,2 milhões de toneladas de grãos produzidos no Estado, 1,1 milhão foi somente de soja.

Para Magno Pires, o Piauí está chegando a um patamar de crescimento da economia e isso ajuda em vários pontos, inclusive na criação de empregos. “Posso dizer também que a projeção para os números de 2012 são muito bons”, comemora o presidente da Fundação Cepro.

DIÁRIO DO POVO DO PIAUÍ

SOBRE Christiano Moura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *