Cajazeiras-PB, 21/10/2017

Obras da Transposição do São Francisco em São José de Piranhas registram mais de 50 furtos

Ao longo dos sete anos mais de 50 furtos foram contabilizados nas proximidades do canteiro de obras da transposição do Rio São Francisco no município de São José de Piranhas. Já ocorreram furtos de motos, objetos como macacos, pneus, arrombamentos e furtos de veículos como carro-pipa, por exemplo, e muito mais.

Apesar da quantidade ser grande, nem todos os furtos e roubos são registrados na Delegacia de Polícia Civil da cidade. Grande parte dessas atrocidades ocorre na luz do dia, outras durante a noite.

Com diminuição do fluxo da movimentação no complexo de obras também houve uma reduzida de casos de furtos, mas ainda ocorre quase todas as semanas. Devido a área ser extensa com máquinas e pessoas espalhadas ao longo do canal, pontes, estrada, túneis e barragens é difícil uma fiscalização mais rígida.

Para quem visita o local pela primeira vez fica abismado com tantas máquinas. “Parece até um campo de guerra, no bom sentido”, comentou recentemente um visitante da cidade de Cajazeiras.

canteiro-2

SOBRE Radar Sertanejo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *