Cajazeiras-PB, 22/10/2017

Novas eleições serão realizadas para a diretoria da Cervarp

Cervarp_novo-diretor1_800x533

A juíza da 2ª vara da comarca de Cajazeiras, Dra. Adriana Lins de Oliveira Bezerra, homologou uma composição feita entre as partes litigantes da Cervarp – Cooperativa de Energia e Desenvolvimento Rural do Vale do Rio do Peixe, que definiu nova eleição para o Conselho Administrativo da entidade, em vista do entendimento de que a ascensão de Robson Barreto da condição de secretário para a presidência da entidade não estaria de acordo com as regras estatutárias, já que o mesmo deveria ter convocado eleição para os cargos de presidente e vice que estavam vagos, tendo sido feita apenas para a vice-presidência e a secretaria.

A comissão que, por força de uma liminar judicial, está respondendo pela entidade, terá até o dia 12 de junho para concluir seu trabalho, já tendo ficando estabelecido judicialmente que a eleição acontecerá no dia 21 de junho. Ainda de acordo com o que ficou homologado pela magistrada, a referida comissão não poderá dispor de qualquer bem da entidade e nem demitir funcionários, também ficando constituída uma Comissão Eleitoral, com amplos poderes para definir as condições do pleito e submeter às decisões a assembleia geral.

O impasse na administração da Cervarp se aprofundou após uma tumultuada assembleia realizada em 14 de setembro do ano passado, quando uma comissão formada para apurar os débitos da entidade propôs uma intervenção na administração da cooperativa. Após a divergência sobre o quórum da assembleia, a comissão entendeu que tinha os poderes para conduzir a administração e o conselho fiscal resolveu empossar o vice-presidente –(que havia sido eleito em maio de 2013, em virtude da vacância do cargo), Juliano Maciel, como presidente, tendo o impasse ido parar na esfera judicial.

A solução encontrada atende aos interesses dos cooperados que irão, mais uma vez, as urnas para eleger uma nova direção. Segundo o padre Francivaldo Albuquerque, a comissão está concluindo os trabalhos de apuração da situação financeira da cooperativa e irregularidades cometidas. Ele disse que ainda não foi lançado o edital das eleições, nem tem ainda candidato lançado para disputar o pleito.

GAZETA DO ALTO PIRANHAS

SOBRE Gazeta do Alto Piranhas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *