Cajazeiras-PB, 12/12/2017
HOME » POLICIAL » Menores seriam aliciadas para manter relações sexuais com detentos

Menores seriam aliciadas para manter relações sexuais com detentos

presídio regional 2

Após uma menor ter sido flagrada com documentos falsos em um presídio da Paraíba, a Secretaria de Administração Penitenciária repassou para que a Polícia Civil do Estado investigue a existência de uma rede de aliciamento de menores que estariam sendo recrutadas para manter relações sexuais com detentos em cidades como João Pessoa, Campina Grande, Patos e Cajazeiras.

O caso foi levantado nesta quinta-feira (10) e confirmado pelo secretário de Administração Penitenciária da Paraíba, Wallber Virgolino. Em entrevista ao programa Correio Debate da Rede Correio Sat, ele disse que as adolescentes mais bonitas e com condições financeiras precárias (carentes) estariam na mira dos aliciadores.

Segundo ele, os criminosos providenciam documentos falsos, oferecem dinheiro a essas menores e as colocam dentro das penitenciárias para entrarem como namoradas de apenados.

A Polícia Civil foi procurada para esclarecer sobre o andamento das investigações, mas ninguém se disponibilizou para repassar detalhes do caso.

Wallber disse que não pode caracterizar a situação como prostituição e deixou para a Polícia Civil investigar e designar os crimes identificados com essa prática, bem como as pessoas que estão por trás dos aliciamentos.

PORTAL CORREIO

SOBRE Portal Correio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *