Justiça manda soltar acusado de matar namorada cajazeirense com tiro


O Supremo Tribunal Federal (STF) pôs em liberdade Itamar de Lima Montenegro Júnior, de 37 anos, principal suspeito de assassinar com um tiro no rosto a bacharel em direito Érica Vanessa, em abril de 2014, no bairro do Bessa, na Zona Leste da Capital. A liminar de soltura foi concedida pelo ministro Marco Aurélio Mello, em 10 de outubro, que considerou excesso de prazo da prisão preventiva.

Em entrevista ao programa Correio Verdade, da TV Correio, familiares da vítima classificaram a soltura do suspeito como “desagradável” e esperam que a Justiça volte atrás na decisão.

“Foi uma surpresa desagradável. Vínhamos para JP e quando chegamos na cidade vimos uma foto do Itamar comemorando sua liberdade. Estamos aguardando ele ser julgado. Acreditamos que em dois anos e meio ele já era para ter sido julgado e condenado. Nossa luta é por justiça e não vamos parar até conseguir recolocar ele atrás das grades”, disse um irmão de Érica Vanessa.

“Ele não só matou a minha filha, mas como toda a minha família e especialmente a filha dela [Érica]. Ele não era para ter saída, mas sim ser julgado e condenado. Venho todo mês aqui (no apartamento de Érica Vanessa) para ver ela. Tenho muita fé na Justiça”, disse a mãe da vítima.

O Portal Correio tentou contato com o advogado do suspeito, mas as ligações não foram atendidas.

Entenda o crime

O crime aconteceu em 24 de abril de 2014, durante uma discussão entre Érica Vanessa e Itamar Lima no apartamento da vítima.

Durante a briga, Itamar teria atirado no rosto de Érica, que ainda foi socorrida para Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, onde ficou internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas não resistiu aos ferimentos e morreu dias após o crime.

erica-lira2

Previous A dois meses do início do Paraibano, Atlético de Cajazeiras ainda não anunciou quem terá à frente de suas comissões técnicas
Next Processo de licitação para o IML de Cajazeiras continua indefinido

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *