Cajazeiras-PB, 17/10/2017

Justiça Eleitoral proíbe carreatas em Cajazeiras, Cachoeira dos Índios e Bom Jesus

O juiz da 68ª Zona Eleitoral em Cajazeiras, Jeremias de Cássio, que é responsável por fiscalizar a Propaganda Eleitoral, reuniu na manhã desta quinta-feira (25), no Fórum Ferreira Júnior, candidatos e representantes das coligações das cidades de Cajazeiras, Bom Jesus e Cachoeira dos Índios para firmarem um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) sobre as mudanças para o pleito eleitoral deste ano.

De acordo com o juiz, as carreatas estão definitivamente proibidas, mas as passeatas permanecem liberadas. Nelas pode ter a presença de carro de som desde que ele esteja dentro das exigências da Sudema (Superintendência de Administração do Meio Ambiente).

Já os fogos de artifícios e objetos semelhantes só podem ser usados a partir de uma hora antes do evento político e durante o evento.

Quanto às visitas às residências dos eleitores, os candidatos só podem estar acompanhados por, no máximo, 50 pessoas, entre assessores, correligionários e militantes.

Os chamados paredões de som podem animar os eventos políticos, desde que fiquem em um ponto fixo. E os carros de som que circulam pelas cidades diariamente têm que estar regularizados perante a Sudema; só podem rodar das 8h às 20h; e devem reduzir o volume quando estiverem a menos de 200 metros de hospitais, escolas e igrejas.

carreata-justica

SOBRE Diário do Sertão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *