[JOTA FRANÇA] Eleição municipal em Cajazeiras: a lição


A eleição municipal do ano 2016 trouxe lições de extrema importância a população e provas que a política é dinâmica e a consciência popular tem mudado. Os resultados nas urnas provaram o que muitos achavam que jamais poderia mudar.

É bem verdade que o poder maior vem de Deus, o criador de tudo e de todas as coisas, mas, depois disso o poder do povo tem uma importância sem igual. A força do povo tem o forte poder de mudar e traçar novos caminhos, rumos e destinos.

Em Cajazeiras, a eleição deste ano deixou claro que não basta apenas ter o Poder da máquina pública. Ora, todos diziam que a vitória do deputado Zé Aldemir (PP), não seria possível, pois, era uma luta desigual e injusta. Nada mais que a força das máquinas (Prefeitura e Governo do Estado), que juntas tocavam a campanha da atual prefeita Denise Albuquerque (PSB), e dessa forma os aliados ao invés de ir buscar o voto do eleitor trataram de preparar a festa. Portanto, o poder maior é o de Deus. Na terra, o povo detém um grande poder e força.

Outra lição extraída da última eleição em Cajazeiras foi a de que o povo cansou da forma como os chamados líderes têm feito nos últimos anos. Ou seja, mentir iludir o povo com discursos e papos desconsertados. A lição maior é que não existe o infinito no Poder.

Por isso, aqueles que pensam estar de pé tenha muito cuidado pra não cair. A humildade deve estar sempre ao nosso lado, e lembre-se que o Poder é passageiro. Enfim, a vida é isso.

Hoje quem estar por baixo amanhã poderá se posicionar no alto, e assim por diante.

Portanto, caminhe cuidadoso para não tropeçar nos obstáculos. A humildade é a chave que abre muitas oportunidades, e não fecha os caminhos.

JOTA FRANÇA É RADIALISTA E EDITOR DO PORTAL CZN

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *