Jeová protocola projeto que assegura às crianças o direito ao teste ampliado de triagem neonatal

TATYANA
0 16
AM3 – 250×250

Foi a partir de inúmeros relatos de pais de crianças que morreram ou que ficaram com sequelas que as comprometeram para o resto da vida pela falta de identificação de um diagnóstico precoce que poderia ter sido feito por um teste simples, realizado nos primeiros sete dias de vida da criança, que o deputado estadual Jeová campos (PSB), protocolou o Projeto de Lei  Nº 1721/18, no último dia 20 de fevereiro. O PL assegura a todas as crianças nascidas nas unidades da rede pública de saúde da Paraíba o direito ao teste de triagem neonatal em sua modalidade ampliada, que pode identificar precocemente várias moléstias, a exemplo da toxoplasmose congênita, a hiperplasia adrenal, deficiência de biotinidase, a fenilcetonúria, anemia falciforme, entre outras doenças.

“Eu sei que esse projeto tem vício de origem e é inconstitucional, pois ele ordena despesa e isso é uma prerrogativa privativa do chefe do executivo, mas eu o apresentei para provocar esse debate na ALPB, para fazer o bom debate, e assim chegar a sociedade, a Imprensa, as instâncias do governo que precisam tomar conhecimento da importância deste teste e de como ele pode mudar a vida das pessoas”, afirmou o parlamentar.

Segundo Jeová, a grande questão é equacionar os custos com a implantação deste teste ampliado. Atualmente, na Paraíba, o exame é feito no Lacen, mas em apenas seis testes padrões. “Dos 21 testes padrões, na Paraíba são realizados seis e eu penso que a introdução dos 21 parâmetros na rede estadual de saúde possibilitaria ampliar essa cobertura e evitar internações, gastos com tratamento, etc. Prevenir será sempre menos dispendioso que remediar”, destacou o parlamentar, lembrando que o debate sobre essa questão tem que se sobrepor a questão meramente material e de recursos.

“É preciso ter os recursos para viabilizar a introdução dos testes ampliados, mas isso é uma decisão política que também precisa debater a beleza da vida, de uma vida saudável. Esse PL vai para a ALPB e eu vou defendê-lo com argumentos convincentes, com dados”, finalizou Jeová.

VIA NEWS COMUNICAÇÃO

ELIANE BANDEIRA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.