Cajazeiras-PB, 14/12/2017
HOME » NOTÍCIAS » Hospitais da UFCG irão realizar concursos; haverá vagas para o HUJB

Hospitais da UFCG irão realizar concursos; haverá vagas para o HUJB

hospi
A Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) deverá realizar ainda neste ano mais dois concursos públicos na Paraíba.
A informação é do reitor da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Edílson Amorim, que apontou que uma comissão institucional será estabelecida para realizar um diagnóstico dos serviços prestados pelos Hospitais Universitários Alcides Carneiro (HUAC), em Campina Grande, e Júlio Bandeira (HUJB), em Cajazeiras.
Mesmo sem quantidade de vagas nem cargos definidos, Edílson Amorim apontou que em até seis meses será apresentado um levantamento que irá apontar quais serviços os hospitais prestam, quais passará a oferecer e o quadro de pessoal necessário.
Com essa decisão, o concurso para servidor temporário para o HUAC que inscreveu entre 20 de dezembro e 8 de janeiro, mas foi suspenso por determinação judicial, está descartado para a classificação dos candidatos, que deverão passar por um novo processo seletivo. De acordo com Edílson Amorim, as atividades dessa comissão institucional irão possibilitar à Ebserh, que irá gerir as duas unidades, delegar quais as diretrizes que tanto o hospital de Campina Grande como o de Cajazeiras irão seguir.
“Uma vez criada essa comissão nós vamos sentar junto com as prefeituras municipais para discutirmos quais os serviços de assistência e as atividades de formação acadêmica que são desenvolvidas nos hospitais da UFCG. Com isso, passaremos a pensar no concurso público que poderá ser realizado este ano, apesar de termos que respeitar algumas datas por se tratar de ano eleitoral. Já solicitei para a direção do HUAC que indique os quatro nomes que irão compor a comissão para começarmos a trabalhar nesse processo”, destacou professor Edílson.
Se a realização do concurso para nível médio e superior está praticamente definida para este ano, o reitor da UFCG lembrou que, por conta da eleição no próximo mês de outubro, a contratação de pessoal ficaria sem tempo hábil, e só poderia acontecer a partir de janeiro de 2015.
Já se os servidores contratados tanto pelo HUAC quanto pelo HUJB serão demitidos pela nova gestora das unidades, o professor Edílson apontou que não há como determinar nesse momento se haverá ou não a manutenção deles. Segundo ele, e há muitos anos é esperada a realização de um concurso nos hospitais da UFCG. “Nós temos uma quantidade de servidores temporários e a qualquer momento pode haver não renovação de contrato”, destacou.
FOLHA DO SERTÃO

SOBRE Christiano Moura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *