Fiéis clamam durante procissão para concluir as obras do Eixo Norte da Transposição


Enquanto autoridades engravatadas despacham em seus gabinetes refrigerados, políticos usam as tribunas dos parlamentos para fazer discursos eloquentes de combate à seca, juízes dão seus despachos, algumas vezes sem avaliar as consequências de suas decisões, muitos nordestinos passam privações por causa da seca e sofrem com a falta de água para ações corriqueiras do dia a dia, mas, não perdem a fé de que dias melhores virão. E foi, justamente, com esse sentimento de esperança de um amanhã mais promissor, que fiéis de várias igrejas se uniram, na noite desta segunda-feira (19), para participar da procissão de velas organizada pela arquidiocese de Cajazeiras, cujo objetivo foi chamar a atenção das autoridades para a importância da conclusão das obras do Eixo Norte da Transposição do Rio São Francisco.

A procissão, que foi uma das atividades da Caravana do Eixo Norte, promovida pelas assembleias legislativas da Paraíba, Rio Grande do Norte e Pernambuco, com apoio de igrejas, de movimentos sociais, ONGs e entidades da sociedade civil organizada, reuniu muitos fiéis, políticos, autoridades e a população local. O ato ecumênico teve início na Paróquia São José, em Boa Vista, e percorreu as principais ruas de Cajazeiras até as obras da ponte por onde vai passar o canal da integração, ao som de cânticos religiosos e orações.

O deputado Jeová Campos, idealizador e um dos coordenadores da Caravana, reiterou que a procissão com velas foi um ato pela celeridade da conclusão das obras do Eixo Norte que estão paradas desde julho do ano passado, pelo povo que tem sede e, principalmente, pela vida. “Reunimos fiéis de todas as igrejas para chamar a atenção para a conclusão das obras da Transposição. Uma decisão judicial está impedindo que a água chegue até nós, e isto não pode acontecer, porque quem tem sede tem pressa”, disse o parlamentar, lembrando que falta menos de 10% para que o trecho paralisado do Eixo Norte seja concluído.

A procissão contou com a participação do bispo de Cajazeiras, Dom Francisco Sales, vários religiosos, políticos e o povo que, de vela em punho, clamou aos céus para tocar o coração das autoridades que têm o poder de resolver esse problema. O presidente da Frente Parlamentar das Águas da ALPB, deputado Renato Gadelha e o prefeito de São José de Piranhas, Chico Mendes, também participaram do ato religioso, assim como os deputados estaduais Guilherme Almeida, Trocolli Júnior, Janduhy Carneiro, Galego Souza e Nabor Wanderley. Os deputados estaduais Hermano Morais e Fernando Mineiro, do Rio Grande do Norte, e a senadora potiguar, Fátima Bezerra também marcaram presença na procissão. O Padre Djacy Brasileiro, com sua cruz de latas, também se fez presente.

NEWS COMUNICAÇÃO

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *