Estudante da zona rural de Cajazeiras relata dificuldades, mas valoriza escola pública


Caio Soares de Abreu, de 17 anos, é um dos milhões de jovens estudantes brasileiros que precisam superar diversas barreiras para alcançarem seus objetivos através da educação.

Em um país cujos investimentos nas escolas públicas são insuficientes e ainda passam pelo crivo da corrupção, jovens como Caio buscam no sonho de se formar e dar uma vida melhor à família a força para seguir em frente.

Filho de agricultores, Caio ainda reside na zona rural de Cajazeiras, no Sítio Almas, por isso seu primeiro desafio diário, logos nas primeiras horas da manhã, é o do deslocamento até a cidade, onde fica o Colégio Constantino Vieira (Comercial).

Algumas vezes a falta de transporte colocou o ano letivo em risco. Mas aí ele contou com a ajuda de uma professora. Caio lembra com gratidão desse momento. “Isso só mostra que os professores se importam com o aluno tanto na sala de aula, como também fora”, ressalta.

Aluno de escola pública desde sempre, Caio usa as dificuldades como motivação para ‘vencer na vida’.

“É um sofrimento, mas ao mesmo tempo vale a pena. Eu sei que essas dificuldades existem, mas isso me motiva, por conta que eu sei que lá no fundo eu vou conseguir algo para mim, para ajudar minha família, que é esse o meu objetivo.”

Ele enaltece os esforços de professores e administradores que lutam para fazerem uma escola pública de qualidade mesmo diante de tantas dificuldades financeiras e obstáculos políticos.

O jovem está no último ano do Ensino Médio e sonha em alcançar uma boa pontuação no ENEM ‘se formar’ e proporcionar uma vida melhor aos pais. “Todos me apoiam, sabem do meu potencial, e eu agarro isso com muita força. Sei que vou crescer nesse meio da educação.”

caio-rural

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *