Empreendedor comemora um ano de sucesso do Rei da Tapioca

AM3 – 250×250

Uma experiência empreendedora que acabou dando certo em Cajazeiras e se tornou exemplo para quem quer superar a crise com pouco dinheiro, completou um ano nesta segunda-feira (12). Estamos falando do já famoso Rei da Tapioca.

Em 2017, o comerciário Pedro Lima, 31 anos, estava desempregado e não conseguia obter sucesso nos negócios que tentava, até que surgiu a ideia de fazer e vender uma das comidas tipicamente nordestinas mais queridas pelo povo: a tapioca.

A princípio, Pedro conseguiu um carrinho de cachorro-quente e fixou ponto na Rua Coronel Juvêncio Carneiro, uma das mais movimentadas do centro comercial de Cajazeiras. O sucesso, então, foi quase instantâneo.

Com uma coroa na cabeça e a mão boa para fazer tapiocas saborosas de vários tipos de recheios, Pedro logo conquistou clientela e se tornou o Rei da Tapioca.

“Há um ano, eu falei que o Rei da Tapioca ia crescer e com fé em Deus cresceu. Adquiri muito conhecimento, muita experiência e ganhei a confiança e a fidelidade dos clientes. Para 2018 tenho muitas ideias, vai ter mais empreendimento e com certeza vai dar certo”, prevê o comerciante.

Um ano se passou e os fãs do Rei da Tapioca crescem a cada dia, assim como também crescem a estrutura (agora ele vende em um carro), o número de opções de sabores e a sua equipe de ajudantes – todos membros da família. Para comemorar o sucesso, o Rei da Tapioca distribuiu tapioca e suco de graça para as pessoas.

“A união da família é o que mantém a força, a garra e o sangue de vencedor. Para 2018, o cliente pode esperar mais satisfação. Hoje está todo mundo comendo feliz, mas a minha felicidade é maior. É uma forma humilde de mostrar para todas as pessoas que a gente não pode trabalhar com ganância no coração, tem que pensar também no próximo”, diz Pedro.

COM INFORMAÇÕES DO DIÁRIO DO SERTÃO

ELIANE BANDEIRA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.