Cajazeiras-PB, 23/10/2017

Documentário “Um Homem de Borracha” é lançado em Coremas

Um Homem de Borracha (18)_800x561
Patrocinado pelo Fundo de Incentivo a Cultura Augusto dos Anjos, do Governo do Estado da Paraíba, com o Roteiro e direção de Diassis Pires, o documentário, Um Homem de Borracha, mostrará as desventuras de “Zé Lacerda”, como era popularmente conhecido.
Cidadão que exerceu importantes funções públicas antes da sua atuação como soldado da borracha na Amazônia.
No Vale do Piancó, estado da Paraíba, foi um dos primeiros professores, não medindo esforços em prol da educação, chegando a ensinar em casas de senhores de engenhos cedidas a ele.
Foi também pioneiro na função de fiscal do Departamento de Estradas e Rodagens, mas foi na floresta amazônica sua maior experiência de vida passando por situações inusitadas como o encontro do navio em que viajava para Amazônia com um submarino alemão, a dura jornada de trabalho, e a fuga do Seringal Araras devido a uma ameaça de morte por conta de injustiças apontadas por ele. Ainda na Amazônia, executou funções na Aereo Transport Command em prol das forças armadas durante segunda grande guerra, tendo o mesmo sobrevivido durante quatro anos e, depois de tantas adversidades foi um dos poucos sobreviventes que conseguiu retornar com vida a sua terra natal no nordeste brasileiro.
Todos aqueles que o conheceram se impressionavam pela sua personalidade, simpatia, com seu grau de cultura e inteligência e sua preocupação em documentar a sua saga na Amazônia, (aparentemente o mesmo pretendia publicar um livro) para que as futuras gerações pudessem conhecer esse trágico e importante momento da história do Brasil.
Nada mais justo, que realizar tal anseio deste que foi um dos milhares de heróis desconhecidos de nossa nação.

A história será mostrada através dos olhos de sua filha que o tem como um verdadeiro herói, que venceu acima de tudo, a distância de seu lugar de origem.

Sinopse – Conheça as desventuras de “Zé Lacerda”, um sertanejo simples que após ser recrutado durante a 2a Guerra Mundial para trabalhar nos seringais da Amazônia, vive a maior experiência de sua vida, passando por situações inusitadas como o encontro do navio em que viajava para Amazônia com um submarino alemão, a dura jornada de trabalho, e a fuga do Seringal Araras devido a uma ameaça de morte. Após anos de luta e peregrinação foi um dos poucos sobreviventes que conseguiu retornar com vida, a sua terra natal no nordeste brasileiro. Sua filha que o tem como um verdadeiro herói, nos faz viajar por essa história de admiração e amor ao pai.
Argumento – O vídeo resgatará e registrará, as aventuras e desventuras de “Zé Lacerda”, como era popularmente conhecido, cidadão que exerceu importantes funções públicas antes da sua atuação como soldado da borracha na Amazônia.
“Todos aqueles que o conheceram o Sr. José Francisco, se impressionavam pela sua personalidade, simpatia, com seu grau de cultura e inteligência e sua preocupação em documentar a sua saga na Amazônia, (o mesmo pretendia publicar um livro) por isso sua filha, pesquisadora assídua da história de seu pai traz para os dias atuais sua difícil jornada de forma poética e mítica.
Nada mais justo, a quem tanto se sacrificou nesse “front de borracha” em prol de nosso país”, comentou o diretor Diassis Pires.
BLOG 'O HOMEM DE BORRACHA'

SOBRE Christiano Moura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *