Deputado Jeová Campos diz que 2016 não deixa saudades


O deputado estadual Jeová Campos (PSB), representante de Cajazeiras e do Alto Sertão na Assembleia Legislativa, afirma que o ano de 2016 não deixará muitas saudades. Ele menciona como fatos negativos o agravamento da crise hídrica em municípios do interior paraibano e do Nordeste e, no plano nacional, a destituição da presidente Dilma Rousseff (PT) por meio de impeachment via Congresso sob a supervisão do Supremo Tribunal Federal.

Jeová considera que houve um enfraquecimento do regime democrático no país este ano, assinalando que se deu a destituição de uma “presidente legítima” e “a posse de um golpista”. Refere-se, neste caso, ao ex-vice-presidente Michel Temer, que completou cem dias no cargo e que foi investido como titular no vácuo do impeachment de Dilma, que, não obstante, teve direito de defesa assegurado.

O deputado Jeová Campos, que insiste em negar legitimidade ao governo do presidente Michel Temer, do PMDB, não confia nas promessas feitas ainda ontem em pronunciamento em rede nacional pelo mandatário sobre recuperação da economia e retomada da geração de empregos. Na mensagem, o deputado sertanejo alerta que ocorreu a redução de vários direitos de interesse dos trabalhadores, bem como registraram-se vários retrocessos nos campos social e institucional.

– Mas não desanimemos. Vamos acreditar e manter a esperança de que 2017 será um ano melhor, com mais justiça social, paz, progresso e desenvolvimento. Eu lutarei por isso, contem comigo nessa caminhada – expressou o parlamentar, ao externar votos de Feliz Natal e de “Um alegre 2017” na mensagem publicada.

OS GUEDES
Previous O dia em que Frei Damião abalou as estruturas da Assembleia de Deus em Cajazeiras
Next De olho em 2018, Júnior Araújo participa de posses de prefeitos aliados

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *