Cajazeiras-PB, 23/09/2017

[CLEMILDO BRUNET] A radiofonia pombalense tem seu livro

livro-clemildo

No Centenário de Pombal quando houve o lançamento do livro de Wilson Nóbrega Seixas, edição (1962) de O Velho Arraial de Piranhas (Pombal), o historiador Celso Mariz apresentando a obra disse: “Pombal tem seu livro”. Parafraseando Celso Mariz afirmo: A radiofonia pombalense tem seu livro.

Há cerca de sete anos nasceu-me à ideia de escrever um livro que trouxesse a lume a história da nossa radiofonia, despertado que fui por uma estudante universitária buscando informações sobre a comunicação e o rádio de Pombal. Até então, aquela jovem não havia encontrado em suas pesquisas dados satisfatórios.

Assim, ao falar de minha pretensão em por num livro essa história, o Jornalista João Costa, meu amigo de longas datas desde o tempo de menino, me aconselhou utilizar a internet para colher subsídios e editar o livro. Então, instalei o blog Clemildo, Comunicação & Rádio, aliás, um dos primeiros criados aqui na região de Pombal nos idos de 2007.

Com o Portal na internet comecei a digitar sobre a comunicação e rádio, e logo, outros começaram a escrever, a exemplo de: Jerdivan Nóbrega de Araújo, Verneck Abrantes, Maciel Gonzaga de Luna, Cessa Lacerda, Genival Torres Dantas, Severino Coelho Viana, Paulo Abrantes de Oliveira, Francisco Vieira, José Costa, João Costa, Ignácio Tavares, Genival Severo, Eliezer Gomes e outros.

Enquanto transcorria a nossa causa imediata ainda em 2007, idealizei a festa do Troféu Imprensa 2007 – radialista Clemildo Brunet com o intuito de homenagear os meus patrícios que estiveram conosco no passado e também os da era presente.

Dois motivos me levaram a isso: Primeiro a confraternização de reunir velhos companheiros de lutas radiofônicas que estavam se comunicando comigo pela internet. Segundo, comemorar a transferência da data do Dia do Radialista, antes 21 de setembro, para a data oficial conforme Lei nº 11.327/24/07/2006, aprovada pelo Congresso Nacional e Sancionada pelo então Presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, para o dia 07 de novembro data de nascimento do radialista Ary Barroso.

“Histórias do Rádio em Pombal” nome sugerido pelo prefaciador – engenheiro e escritor, conterrâneo e amigo de infância, Paulo Abrantes de Oliveira, que se propôs a encaminhar e custear a impressão do calhamaço junto a Editora União, concretizando meu sonho.

Finalmente o livro – “HISTÓRIAS DO RÁDIO EM POMBAL” composto de 234 páginas formado de três partes: Difusoras, Rádios e Homenagens. Registram fatos que foram notícias, e que não são mais lembrados, sinopse para conhecimento de pesquisas acadêmicas Uma coletânea de artigos do autor e colaboradores que trará à luz os emocionantes momentos da vida de pessoas da radiofonia pombalense e paraibana que perpassa pelo “professor” da Escola do Rádio pombalense.

Graças a Deus, no dia 31 deste mês de maio de 2014 às 19 horas no Pombal Ideal Club, o livro chegará às mãos dos filhos de Pombal com seu lançamento.

Ressalto, todavia, que há ainda outra coletânea de textos da nossa radiofonia, armazenados para obras literárias no futuro, se Deus nos permitir!

ART_CLEMILDO

SOBRE Christiano Moura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *