Cajazeiras-PB, 23/09/2017

Chuva acumulada em Cajazeiras passa de 780 mm

chuva23

A Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa) registrou chuvas acima da média histórica no Cariri, Curimataú, Sertão e Alto Sertão do estado. As precipitações acumuladas de janeiro a abril nessas regiões já são maiores que as registradas no mesmo período dos anos de 2012 e 2013.

Entre as cidades onde ocorreram os índices pluviométricos mais significativos, todos os acumulados ultrapassaram a média esperada para os quatro primeiros meses de 2014. São elas: Santa Terezinha (817,4mm), Princesa Isabel (743,7 mm), Cajazeiras (780,5 mm), Patos (702,5 mm), Bom Jesus (700,8 mm), Mato Grosso (687,7 mm), Catolé do Rocha (696,5 mm), São Mamede (692.5mm) e Serra Grande (688,9 mm).

De acordo com o gerente de Monitoramento e Hidrometria da Aesa, Alexandre Magno, nos últimos dois anos os índices pluviométricos ficaram abaixo da média. “Tendo em vista o desenrolar do período chuvoso do Semiárido paraibano, que vai até o mês de maio, as chuvas ocorridas em 2014 foram substancialmente mais significativas que nos dois anos anteriores. Enquanto que, em 2013 e 2012, os desvios oscilaram próximos a 50% abaixo da média, este ano as chuvas ocorreram dentro dos padrões de normalidade”, explicou.

Trimestre – A previsão para os próximos três meses é de chuvas dentro da normalidade nas regiões do Litoral, Brejo e Agreste da Paraíba. Contudo, em áreas isoladas, as precipitações poderão ficar acima da média histórica. “É importante ressaltar a possível ocorrência de chuvas intensas em alguns períodos. Isso pode acontecer caso persista a condição de águas aquecidas além do normal nas proximidades da costa leste do Nordeste”, alertou a meteorologista Carmem Becker.

PORTAL CORREIO

SOBRE Portal Correio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *