Chico de Lino – o líder de Cachoeira


chico_de_lino_04_389x600

Simples e muito querido pelo povo de Cachoeira dos Índios, Chico de Lino foi vítima de um grave acidente de trânsito, no último dia 15 de junho de 2003, deixando uma grande lacuna nos meios políticos do município e da região, onde também atuava no assessoramento técnico de alguns prefeitos. Foi o fim de uma brilhante carreira de um jovem político sertanejo, que parecia predestinado a alçar vôos importantes na vida pública.

Casado com Nena Feitoza, ele deixou três filhos menores: Ramon, Lino Neto e Gabriela. Apesar de preencher boa parte do tempo com as atividades profissionais, sempre encontrava espaço para dividir com suas maiores paixões: política e vaquejada. Revelou-se como bom articulador político e como figura marcante nas festas do gado que aconteciam na região. Montar em seu cavalo Passarinho era um grande prazer.

Líder nato

Francisco de Souza Leite marcou a vida pública de Cachoeira dos Índios pela facilidade que sempre teve de se relacionar com a população. Dedicado à família e solidário ao povo mais carente, sempre esteve presente nos momentos de dificuldades enfrentados por todos.

Em 1976, aos 13 anos, durante a primeira campanha do seu tio, Sousa Bandeira, à sucessão municipal de Cachoeira dos Índios, Chico de Lino fez seu primeiro discurso político, num comício realizado no Sítio Lagoa do Mato. Ele estimulou a comunidade a votar. Foram os primeiros passos do jovem estudante na sua trajetória política.

Em 78, concluiu o Ensino Fundamental no Colégio Estadual Professor Crispim Coelho de Cajazeiras, seguindo para a cidade cearense de Lavras da Mangabeira, onde concluiu o Curso Técnico Agrícola, correspondente ao Ensino Médio, antigo 2º grau.

Em 82, assumiu seu primeiro emprego, ocupando um posto na CERVARP. Teve destacada atuação e foi chamado pelo então candidato a prefeito de Cachoeira dos Índios, Fernando Leite, para participar da campanha eleitoral. Vitorioso, Fernando Leite convidou Chico de Lino para assumir o cargo de secretário-geral da Administração Municipal.

O excelente desempenho que teve como auxiliar do prefeito serviu para sedimentar a carreira política. Em 88, foi eleito vereador com expressiva votação, chegando a assumir a presidência da Câmara Municipal. Depois foi eleito prefeito municipal e vice-prefeito do atual prefeito José de Sousa Bandeira. Também chegou a ser secretário municipal de Administração da Prefeitura de Cajazeiras, durante a última gestão do ex-prefeito Epitácio Leite Rolim.

Antes de falecer, Chico de Lino estava tendo seu nome cotado novamente para disputar a Prefeitura de Cachoeira dos Índios, recebendo o apoio de todo o esquema governista liderado pelo prefeito Sousa Bandeira, pelo presidente da Câmara Municipal,  Francisco Dantas Ricarte, o Bodinho, e um grupo de dez vereadores. Ele era considerado até por alguns adversários, como um nome quase imbatível na próxima disputa, pelo poder municipal.

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *