Casais participam da comemoração dos 30 anos de ECC em Cajazeiras

Programação teve inicio com a Santa Missa presidida pelo bispo diocesano Dom Francisco de Sales Alencar Batista

AM3 – 250×250

O Encontro de Casais com Cristo (ECC) da Diocese de Cajazeiras-PB preparou uma grande festa para comemorar os 30 anos do serviço na cidade de Cajazeiras. No domingo (1), cerca de 150 casais integrantes do ECC se reuniram nas dependências da Fafic para celebrar a data especial.

A programação teve inicio com a Santa Missa presidida pelo bispo diocesano Dom Francisco de Sales Alencar Batista, O. Carm., e concelebrada pelos padres Jackson Mendes, José Wandemberg e Agripino Ferreira. Em sua homilia, Dom Francisco de Sales lembrou da reconciliação de Pedro a partir do encontro pessoal com Jesus Cristo à beira do mar da Galileia.

Após a Santa Missa, os casais se dirigiram até o Auditório Bento XVI onde homenagens foram prestadas aos que passaram pelo ECC, aos atuais dirigentes e foi elencada a importância do movimento na vida da Igreja. Além dos padres Jackson Mendes, José Wandemberg e Agripino Ferreira, estiveram presentes os padres Anderson Braga e Dácio José, e a senhora Zefinha, uma das matriarcas do ECC que convocou os participantes a viverem uma vida cristã dedicada ao serviço do Reino.

Com um clima de muita descontração e satisfação, os casais puderam acompanhar uma retrospectiva de tudo o que se passou nesses longos 30 anos. Os casais participantes e coordenadores avaliaram de forma positiva o evento.

Conheça o ECC – é um serviço da Igreja, em favor da evangelização das famílias. Procura construir o Reino de Deus, aqui e agora, a partir da família, da comunidade paroquial, mostrando pistas para que os casais se reencontrem com eles mesmos, com os filhos, com a comunidade e, principalmente, com Cristo. Para isto, busca compreender o que é “ser Igreja hoje” e de seu compromisso com a dignidade da pessoa humana e com a Justiça Social.

A evangelização do matrimônio e da família é missão de toda a Igreja, em que todos os fiéis devem cooperar segundo as próprias condições e vocação. Deve partir do conceito exato de matrimônio e de família, à Luz da Revelação, segundo o Magistério da Igreja (Orientações pastorais sobre o matrimônio – CNBB Doc. Nº 12) (DN-pág. 13).

INFORMAÇÕES: DIOCESE DE CAJAZEIRAS
ELIANE BANDEIRA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.