Cartaxo diz que governador precisa deixar de agredir as pessoas e cuidar da violência na PB


Mais um round na querela entre o governador Ricardo Coutinho e o prefeito Luciano Cartaxo. Ricardo criticou a gestão de Cartaxo, e afirmou que era mais prefeito de João Pessoa do ele. Cartaxo revidou: “Eleição não é uma guerra, uma rinha. Não é espaço para briga, é o momento para apresentarmos o que de melhor temos a oferecer para a cidade de João Pessoa.”

E acrescentou: “O governador vem usando de muita violência para agredir seus adversários, quando devia mesmo era cuidar da violência que ele mesmo prometeu resolver em seis meses de Governo, e já se vão seis anos. E toda a Paraíba é testemunha do descontrole da violência no Estado. Então, em vez de ficar agredindo as pessoas, deveria pelo menos fazer seu dever de casa.”

Segundo Cartaxo, “Eleição não é uma guerra, não é um espaço para questões pessoais. Eleição é um espaço para apresentação de ideias, de propostas e principalmente para a prestação de contas do trabalho que foi realizado. Essa aliança que nós construímos é fruto primeiro do trabalho realizado, do reconhecimento da população e, claro, da capacidade de diálogo; do entendimento de unir forças em favor da nossa cidade.”

Cartaxo tem Manuel Júnior como candidato a vice e sua coligação é integrada pelos seguintes partidos: PSD, PMDB, PSDB, PP, PRB, PCdoB, Solidariedade, PSC, PMN, PSDC, PHS e PTN.

HELDER MOURA

Luciano-Cartaxo-set2015

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *