Carro de som perde controle e mata três fiéis em procissão no Amazonas


acidente_2_1_620x465

Um carro de som que participava de uma procissão na tarde desta sexta-feira (18) perdeu o controle e atingiu fiéis que participavam do evento. O acidente ocorreu por volta das 17h, na Zona Centro-Oeste de Manaus. Segundo informações do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), a colisão resultou em 11 vítimas. Duas delas morreram no local do acidente e uma senhora faleceu quando era levada ao Serviço de Pronto Atendimento do Alvorada. As pessoas que ficaram feridas foram encaminhadas para hospitais na capital.

Segundo informações da Polícia Militar, o carro perdeu o controle em uma ladeira na Rua Francisco Orellana, bairro Dom Pedro. O acidente ocorreu em frente a Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCECON). O Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), enviou agentes para o local e liberou a via por volta das 18h40.

Testemunhas que acompanhavam a procissão disseram que o carro de som perdeu o freio quando descia uma ladeira. “Ele não conseguiu frear e saiu da faixa que estava, invadindo o outro lado da rua”, disse o professor Denilson Saturnino.

A aposentada Rosa Lucena conta que ela e a neta quase foram atingidas. “Estava antes do carro. Quando vi alguns gritos, e o som falando: tá sem freio, perdeu a direção. Alertando as pessoas. Eu ia ser atingida. Eu e minha neta, de 5 anos, nos jogamos na parede e nos salvamos”, conta.

Para a aposentada o acidente poderia ter sido pior. “O motorista evitou uma tragédia muito maior. Ele desviou para o lado em que não havia muita gente. As pessoas que morreram foram agingidas porque correram na mesma direção do veículo”, revela.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também enviou viaturas ao local e prestou socorro às vítimas. Oito feridos foram levado para hospitais na capital.

Motorista – Antonio Santana estava entre os fiéis que acompanhavam a procissão. Ele viu o motorista logo após o acidente. ” Ele saiu muito atordoado. Ele gritava: perdi o freio, acho que atropelei alguém. Ele estava muito desorientado e quase desmaiou”, disse ao G1.

O condutor do veículo foi levado para prestar depoimento no 10º Distrito Integrado de Polícia (Dip), no bairro Planalto.

G1
Previous Público cajazeirense lota estádio para assistir encenação da "Paixão de Cristo"
Next 'Corrente do Bem' leva doações aos carentes durante Semana Santa

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *