Carlos Antônio diz que “Zé Aldemir foi o maior assaltante de verbas públicas da ALPB”

Ex-prefeito referiu-se ao desvio de recursos da Verba Indenizatória de Apoio Parlamentar (VIAP), assunto que se tornou polêmico e de conhecimento público nos idos de 2016

AM3 – 250×250

O ex-prefeito de Cajazeiras, médico Carlos Antônio (DEM), se pronunciou acerca das declarações do prefeito José Aldemir (PP) que afirmou as gestões municipais passadas, sobretudo aquelas que hoje lhe fazem oposição ferrenha, só se imbuíam do propósito de “se locupletar e roubar dinheiro público”.

Com base nestas acusações, sabendo-se destinatário principal das tais ofensas proferidas pelo prefeito, Carlos Antônio retrucou que Zé Aldemir foi o maior assaltante de verbas públicas que a Assembleia Legislativa da Paraíba já viu figurar em suas bancadas.

“De roubar dinheiro público, o prefeito Zé Aldemir entende muito bem, é especialista”, desancou Carlos Antônio.

Carlos Antônio referiu-se ao desvio de recursos da Verba Indenizatória de Apoio Parlamentar (VIAP), assunto que se tornou polêmico e de conhecimento público nos idos de 2016 e que voltou à baila já este ano, tendo sido amplamente divulgado pela imprensa de todo o estado por envolver funcionários e empresas fantasmas, além da locação de imóveis apenas com o intuito de desviar verbas públicas.

No documento apresentado pelos auditores do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), em perícia realizada in loco àquela época, foram constatadas irregularidades referentes à gastos da VIAP, inclusive com a locação de imóvel para finalidades pessoais, custeada com os recursos públicos.

Foram apuradas as realizações de gastos pessoais feitos pelo então deputado José Aldemir com locação de veículo de luxo para um assessor parlamentar, bem como da locação de um imóvel para fins lucrativos e pessoais do ex-deputado, onde funcionava uma imobiliária fantasma, com despesas de aluguel forjadas através de notas frias, para justificar falaciosamente que o referido imóvel havia sido alugado para servir de apoio institucional às demandas de seu gabinete.

FONTE: FAROL DO SERTÃO
ELIANE BANDEIRA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.