Cajazeiras-PB, 19/10/2017

Candidatos a prefeito de Cajazeiras só poderão gastar R$ 424,9 mil; vereadores, R$ 17,7 mil

Foram publicadas no Diário de Justiça Eletrônico do Tribunal Superior Eleitoral as tabelas atualizadas com os limites de gastos de campanha, conforme previsto na Lei das Eleições (Lei nº 9.504/97), para o pleito deste ano.

Após publicação dos valores preliminares de gastos de campanha, o TSE atualizou os valores de acordo com a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) da Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de acordo com o parágrafo 2º, art. 2º, da Resolução TSE nº 23.459/2015.

Em Sousa, que possui eleitorado apto a votar em 2016 de 43.564 tem limite de gasto para prefeito de R$ 338.606,69 e para vereador R$  53.336,02. Enquanto isso, o limite de gasto para Cajazeiras que possui 45.416 eleitores aptos a votar é de R$ 424.978,87 para o cargo de prefeito e de R$ 17.735,47 para o cargo de vereador.

Os candidatos a prefeito de Bernardino Batista, Bom Jesus, Bonito de Santa Fé, Cachoeira dos Índios, Carrapateira, Joca Claudino, Monte Horebe, Poço Dantas, Poço de José de Moura, Santa Helena, São João do Rio do Peixe, São José de Piranhas, Triunfo, Uiraúna, só poderão gastar R$ 108.039,06. Já os candidatos a vereador desses municípios terão um limite de gastos de R$ 10.803,91.

Os analistas entendem que esses valores estão totalmente fora da realidade de gastos dos candidatos em municípios como Cajazeiras e Sousa e também não entendem o valor para municípios do porte de Bonito de Santa Fé, Uiraúna, São José de Piranhas e Bonito de Santa Fé ser o mesmo para municípios muito mais pequenos, com um número bem menor de eleitor de habitantes, como são os casos, por exemplo, de Joca Claudino, Bernardino Batista, Poço de José de Moura, Poço Dantas e Bom Jesus.

campanha-gastos_800x477

SOBRE Gazeta do Alto Piranhas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *