Há dez anos, numa noite de São João, na Fazenda Campo Alegre, município de São João do Rio do Peixe, os filhos, genros, noras e netos de José Cavalcanti e Ildinete Queiroga Cavalcanti, realizaram uma bonita e tocante festa para comemorar os 40 anos de seu casamento: para uns as Bodas de Esmeralda para outros as Bodas de Rubi.

José e Ildinete se casaram no dia 17 de junho de 1967, na cidade de Sousa, na Igreja Bom Jesus Eucarístico Aparecido e desta união vieram os filhos, o genro, as noras e os netos, formando uma bela família e foi sob o comando de sua filha Karoline, que a festa realizada, com inspirações juninas, se transformou em momentos de muitas emoções, alegrias, felicidade e encantamento.

Dom José Gonzalez Alonso, então bispo da Diocese de Cajazeiras, foi o celebrante de uma missa em ação de graças por tão significativa data e com o testemunho da família, de parentes e amigos refizerem os votos matrimoniais e a benção das novas alianças.

Passados dez anos, neste dia 17 de junho de 2017, José e Ildinete celebram suas Bodas de Ouro e se há dez dizíamos que a Esmeralda, esta pedra preciosa, antigamente era dada às jovens Incas como um talismã para ter proteção e dar facilidade ao parto e que o verde profundo das esmeraldas era símbolo de imortalidade e juventude, hoje afirmamos que não existe nada mais reluzente e valioso que o ouro.

Em algumas regiões, os 40 anos de casamento, celebram-se como Bodas de Rubi e muito embora, seja considerado o rei das pedras preciosas e deve ser usada como um amuleto para preservar a saúde, tira os medos e simboliza paixão e proteção, mas o ouro é o símbolo da imortalidade, da luz e do brilho.

O Ouro simboliza esse belo casal José Cavalcanti e Ildinete, pessoas mais do que integradas à sociedade cajazeirense, onde, através de seus negócios, prestam relevantes serviços, gerando empregos, rendas e recolhendo um grande volume de impostos aos cofres do município e do Estado.

José Cavalcanti tem demonstrado ter um profundo amor por sua terra natal, Cajazeiras, onde mantém grande parte de seus negócios, onde reside e granjeou uma plêiade de amigos e admiradores. É um homem determinado e tem como maior prazer o trabalho e como qualidades – ser leal e humilde.

Dona Ildinete, uma mulher de muita fibra, gosta de trabalhar e de rezar e é guardiã da família, que orienta, educa e encaminha os passos dos filhos e agora ajuda a criar os netos. Tem um vínculo muito forte com a igreja católica de Cajazeiras, onde através de suas ações, se tornou uma grande e valorosa patronesse. Uma das suas grandes virtudes é a humildade, associada à simplicidade. Tem uma devoção muito forte a Nossa Senhora e é possuidora de muita fé.

José e Ildinete: eu e Antonieta desejamos a vocês muitos anos de vida, com muita saúde e paz e que sejam sempre como a esmeralda e o rubi, conquistadas nos seus 40 anos de união, pedras preciosas que têm brilho, luz e valor próprios, mas neste momento de ouro, desejamos que Nossa Senhora abençoe o seu casamento e que continue muito apaixonados um pelo outro, principalmente nesta tão significativa data da celebração de seus 50 anos de união conjugal.

Paz e benção.

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *