Atlético, Paraíba e Sousa apostam no planejamento para surpreender no Paraibano 2017


No próximo domingo começa a edição de 2017 do Campeonato Paraibano. E, como acontece na maioria das vezes, Treze, Campinense e Botafogo-PB (os três maiores clubes do Estado) são apontados como favoritos para a conquista do título. Só que neste ano a disputa parece que vai ser um pouco mais acirrada, com mais equipes brigando e com chances reais de chegarem ao menos à final. Quem sabe ser campeão.

No Sertão, três times investiram pesado para tentar quebrar a hegemonia dos grandes. Sousa, Atlético e Paraíba de Cajazeiras montaram equipes com atletas experientes e com boa rodagem no futebol. E com a perspectiva de fazer frente aos rivais.

No Paraíba de Cajazeiras, por exemplo, a principal aposta da diretoria foi na contratação do atacante Vavá, um velho conhecido do torcedor paraibano e que mais recentemente estava atuando no Globo FC.

A equipe cajazeirense, que vai ser comandada pelo técnico Jorge Luís – outro que também já é conhecido no futebol local -, iniciou seus trabalhos no dia 5 de dezembro tendo a base formada por atletas que estiveram recentemente jogando por equipes do Ceará. O presidente do Tricolor, Tiko Miudezas, fez uma avaliação positiva da pré-temporada, mas ressaltou o equilíbrio entre os clubes que vão disputar o Campeonato Paraibano.

– O que eu vejo é que, tirando os três grandes, não dá para você olhar a tabela e apontar qual o time fraco. Todo mundo fez investimentos. E investimentos altos em alguns casos. O campeonato vai ser muito equilibrado esse ano. A gente trabalhou bem, montou uma equipe com bons nomes e a expectativa é que possamos fazer um bom papel dentro da competição – comentou o dirigente do Paraíba.

Outra equipe que fez uma preparação forte para o estadual deste ano foi o Sousa. O planejamento do Dinossauro é um dos que começou primeiro, com a manutenção do técnico Tazinho e de uma base de atletas remanescentes da Série D do ano passado, e isso lhe dá uma vantagem, pelo menos no quesito entrosamento. O presidente alviverde, Aldeone Abrantes, contudo, demonstrou cautela ao analisar as chances do Sousa no Paraibano.

– O Sousa com certeza é uma das equipes que entre para brigar. Só que não dá para falar em favoritismo quando você tem um campeonato tão equilibrado. Não dá para a gente apontar nenhum clube como favorito. O pessoal de Cajazeiras contratou bem, os três grandes sempre são fortes e isso torna a competição muito difícil. Nesse ano ainda mais difícil do que em outras oportunidades – disse Aldeone Abrantes.

No Atlético de Cajazeiras – talvez a equipe que mais contratou para o estadual -, a aposta foi no investimento em atletas do interior de São Paulo. Como o Trovão Azul firmou uma parceria com empresários daquela região, as contratações saíram quase que 100% de clubes paulistas. Até parte dos treinamentos do Atlético de Cajazeiras aconteceu fora da Paraíba, já que a equipe realizou e venceu amistosos contra equipes como o Audax – que vai disputar o Campeonato Paulista.

Com apostas, investimentos e tentando quebrar o ciclo dos grandes nas conquistas de títulos paraibanos, os sertanejos iniciam suas jornadas no próximo domingo: logo na primeira rodada, clássico entre Sousa e Paraíba de Cajazeiras no Estádio Perpetão; enquanto o Atlético-PB viaja até Campina Grande para encarar o Campinense no Estádio Amigão. Os dois jogos estão marcados para as 16h.

GLOBO ESPORTE
Previous Médicos do HRC têm objetos furtados durante plantão
Next Número de acidentes cai durante Operação Fim de Ano da PRF na Paraíba

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *