Após recurso, TCE mantém reprovação de contas do ex-prefeito Léo Abreu

O débito de R$ 143.925,39 foi imputado em razão de despesas não comprovadas com serviços de consultoria

AM3 – 250×250

O Tribunal de Contas da Paraíba, reunido nesta quarta-feira (9), já em fase recursal, manteve a reprovação às contas de 2010 do ex-prefeito de Cajazeiras Leonid de Souza de Abreu e, ainda, o débito de R$ 143.925,39 a este inicialmente imputado em razão de despesas não comprovadas com serviços de consultoria. Foi relator do processo o conselheiro Arnóbio Viana.

Conduzida pelo presidente André Carlo Torres Pontes, a sessão plenária teve as participações dos conselheiros Arnóbio Viana, Fernando Catão, Nominando Diniz e Marcos Costa. Também, as dos conselheiros substitutos Antonio Gomes Vieira Filho, Antonio Cláudio Silva Santos, Oscar Mamede e Renato Sérgio Santiago Melo. O Ministério Público de Contas esteve representado pelo procurador geral Luciano Andrade Farias.

FONTE: TCE-PB
ELIANE BANDEIRA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.