Apesar da crise, novas empresas se instalam em Cajazeiras


rua-Juvencio-Carneiro-dez2013

Apesar dos números do SPC indicarem que 2013 foi um ano fraco para o comércio de Cajazeiras, pelo menos seis novos empreendimentos foram abertos entre os meses de outubro e dezembro na cidade, de acordo com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). Das seis novas empresas instaladas, quatro são do ramo de confecções, uma do ramo de lazer e outra de veículos.

Os proprietários das lojas de roupa On Line Confecções, Maria Bonita, Cheia de Charme e Vitalina Tecidos apostam em 2014, ano de Copa do Mundo, para fortalecer as vendas e estabelecer suas empresas no concorrido comércio de confecções de Cajazeiras.

A Copa do Mundo também foi o mote para a ideia de instalar um campo de futebol society na cidade. Foi aí que o clube de lazer Arena Esporte entrou em cena. O empreendimento inaugurado em novembro conta com um campo de futebol coberto, com gramado sintético, restaurante e espaço para apresentação de grupos musicais.

Já no ramo de automóveis, está prevista para o dia 12 de dezembro a abertura de uma nova concessionária de carros em Cajazeiras, para revender novamente os veículos da marca alemã Volkswagen, sob o comando do empresário José Gonzaga Sobrinho (Deca do Atacadão), totalizando seis novas empresas na cidade nos últimos três meses de 2013.

Queda nas vendas em 2013 – A abertura desses novos empreendimentos contrasta com um ano considerado fraco em relação a vendas no comércio de Cajazeiras. Dados fornecidos pelo SPC (Sistema de Proteção ao Crédito) em relação a consultas de vendas indicam que houve quedas gradativas no setor.

As consultas ao SPC realizadas pelos comerciantes e lojistas no ato da venda de um produto não comprovam se houve ou não a efetivação da venda. Mas, baseado no número de consultas de um mês em relação a outro, é possível supor se houve aumento ou queda no número de vendas.

Janeiro foi o mês com o maior número de consultas (10.057). Mas, daí por diante o que se viu foram diminuições em relação a esse número e variações quase sempre na casa das 8 mil consultas. Na média, há uma queda de -5,35% de um mês para outro.

A expectativa dos empresários é de que, ainda em 2013, os números voltem a crescer nos meses de novembro e dezembro devido às festividades natalinas e de fim de ano. E que em 2014 as vendas sejam potencializadas pelo clima da Copa do Mundo.

EXATAS NEWS
Previous Segundo pesquisa, Paraíba tem a polícia mais bem avaliada do Brasil
Next Cajazeiras e Uiraúna devem receber novas ambulâncias do Samu

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *