Cajazeiras-PB, 21/10/2017

Antônio Figueiredo: desbravador de horizontes

Comerciante estabelecido em Cajazeiras, há várias décadas, Antônio Figueiredo é um exemplo de homem simples, trabalhador e desbravador de horizontes. Ele construiu, ao longo dos anos, uma história decente, marcada pela determinação nos seus empreendimentos.

Nascido e criado no Sítio Serrote das Flores, no vizinho município de São José de Piranhas, e filho de João Sebastião de Figueiredo e Maria Joaquina de Jesus, ele herdou a atividade de agricultor dos seus pais, trabalhando na roça, durante vários anos, mas sempre vislumbrando um futuro diferente e de progresso.

Depois de alguns anos, buscou aprender uma arte, enveredando pela profissão de barbeiro, e contando, para tanto, com o apoio do seu irmão mais novo, Elias Figueiredo, que emprestava a cabeleira e a paciência para Antônio se aperfeiçoar no corte de cabelo. E foi assim que Antônio Figueiredo deixou a zona rural e se mudou para a cidade, escolhendo Cajazeiras, a promissora terra do Padre Rolim, para iniciar seu novo projeto de vida.

 

Inicialmente, ele montou uma pequena Barbearia, na Praça Camilo de Holanda, onde começou a atender seus primeiros clientes, mas já com um novo desafio pela frente: atuar no comércio varejista. Logo, abriu uma pequena Mercearia, obrigando-o, em seguida, a mudar de prédio, pois o primeiro já não mais comportava as duas atividades.

Em pouco tempo, Antônio Figueiredo deixou a arte de barbeiro, dedicando-se, exclusivamente, ao comércio. Ampliou sua Mercearia, montando, paralelamente, uma pequena padaria. O novo ramo não lhe agradou muito, e ele voltou a se dedicar apenas ao comércio de Mercearia. A coragem e o sucesso nesse ramo serviram de incentivo aos irmãos que, também deixaram o sítio e se instalaram na cidade de Cajazeiras, com projetos na mesma área comercial. Foram os exemplos de José Figueiredo, Elias Figueiredo e Egídio Figueiredo. Passados vários anos, eles continuaram atuando no comércio cajazeirense com seus mercadinhos, seguindo os passos do irmão.

 

Antônio Figueiredo cresceu muito na atividade comercial, conquistando uma grande clientela. E assim, ele sentiu a necessidade de ampliar suas instalações, deixando o imóvel da Camilo de Holanda e se estabelecendo na Rua Padre Manoel Mariano, no centro comercial de Cajazeiras. Logo depois, abriu uma filial na Rua Padre José Tomaz. Sua Mercearia se transformou em Mercadinho, que deu origem aos Supermercados Figueiredo, atualmente, com grande destaque no comércio de Cajazeiras e contribuindo para a geração de emprego e renda na cidade.

Casado com a Senhora Genelice Lins de Albuquerque Figueiredo(Dona Loura Figueiredo), ele é pai de quatro filhos: Fátima, Alderi, Luziane e Luciana, todos nascidos e criados em Cajazeiras. Aliás, os filhos e demais familiares sentem-se muito orgulhosos pelo cidadão honrado, que é Antônio Figueiredo, e cuja trajetória de vida serve de exemplo para as novas gerações.

SOBRE Gazeta do Alto Piranhas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *