Cajazeiras-PB, 23/10/2017

Acusada de torturar filha de dois anos é encontrada morta próximo ao Açude Grande

cadaver2

A Polícia Militar encontrou no Sertão da Paraíba o corpo de uma mulher com sinais de espancamento e com uma vela sobre a barriga. A vítima já foi presa por espancar o filho de dois anos e era acusada de torturar a criança.

De acordo com informações da Polícia, Maria José Alves Tenório, de 27 anos, foi encontrada morta por um grupo de garotos que brincavam por trás do Colégio Diocesano Padre Rolim, e avistaram o corpo da mulher já sem vida. Ela foi encontrada com uma perfuração de faca no pescoço, sinais de violência , corpo estava bastante ensangüentado e em cima do corpo foi encontrada uma vela que queimou na barriga mulher.

Maria José Alves Tenório já tinha passagem pela Polícia. Ela espancou violentamente sua filha de dois. A agressão aconteceu no dia 03 de fevereiro de 2013, na cidade de Cajazeiras.

Na época, testemunhas informaram à Polícia que a criança estava brincando perto de uma vela, quando viu uma nota de R$ 5, pegou e queimou. Maria José Alves Tenório ao ver o dinheiro sendo queimado passou a espancar violentamente seu filho, com várias chicotadas.

MAISPB

SOBRE Christiano Moura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *