A gravidez do Ica

AM3 – 250×250

Cajazeiras sempre foi berço de artistas fantásticos. Teatro na veia! E não é de hoje! Que o digam grandes nomes, como Ubiratan de Assis, Eliézer Rolim, Saia Lira, Nanego Lira e Buda Lira. Todos paridos por uma efervescência cultural.

Teatro forte que teve como atores o jornalista Gutemberg Cardoso e o ex-mínistro Mailson da Nóbrega, Teatro forte que ainda tem Francisco Hernandez, Beethoven Dantas, Rivelino Martins e Edna Caboclinha. Todos rebentos de uma gravidez artística.

[ads1]

 

Todos eles são contemporâneos ou filhotes das ações de uma das damas do teatro paraibano: Íracles Pires. Um
legado que coloca Cajazeiras como um dos grandes polos culturais paraibanos. E, mais uma vez, Cajazeiras ganha
um ciclo gestacional…

Quinta-feira que vem, dia 8, Cajazeiras receberá o novo teatro Ica, reformado e ampliado (com 278 lugares ). Re-
construído! Um investimento acima de R$ 5 milhões feito pelo Governo do Estado.

A grande festa nem será agora… É verdade que o espaço reformado é de nababesca utilidade para a produção cênica
atual. Mas, o mais importante é o que a reforma do Ica representa para o futuro do teatro da região de Cajazeiras.

Daqui a 10 anos, saberemos o grau de influência dessa ferramenta na formação de profissionais da área teatral. O novo teatro Ica será responsável pelo incentivo da prática das artes cênicas e também pela formação de plateia na região.

Até o final deste ano, estão em programação cursos e oficinas, através de ações da Fundação Espaço Cultural da Paraíba. A primeira acontece quinta-feira, dia 8, com o iluminador Eloy Pessoa. Assim, é comemorar, frequentar, zelar e esperar pelos resultados… É possível que tenhamos uma nova safra de ‘pirralhos’, como Eliézer Rolim e os irmãos Lira. O teatro de Cajazeiras está grávido de novo…

[ads2]

 

JAMARRI NOGUEIRA É JORNALISTA (jamarrinogueira@gmail.com)

ELIANE BANDEIRA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.