A Faisqueira do Gazeta


jose-maranhao-pmdb

Os derrotistas  Infelizmente tem um pequeno grupo que não se satisfaz com as conquistas de Cajazeiras. São os eternos derrotados e que só admitem vitórias quando são conquistas do grupo que dele fazem parte. Uma pista de 1.600, uma estação de passageiros e a homologação deste espaço não valem de nada porque, no momento, não são possíveis aeronaves de grande porte utilizar este espaço.

Os derrotistas  Desconhecem que este é o primeiro passo que a cidade dá, o outro será para incluir o aeroporto no Programa de Investimentos em Logística e Aviação Regional do governo federal. Ao todo, a região nordestina já está com 64 aeroportos incluídos no programa, com um investimento de R$ 2,1 bilhões. Nesse Plano de Aviação Regional, os investimentos previstos para a Paraíba foram de R$ 131,6 milhões.

Os derrotistas  Ainda bem que para contrapor as aves de agouro, o senador Lira já fez as primeiras articulações para que a cidade seja incluída no programa federal, além do que o governador Ricardo Coutinho já foi procurado por uma empresa paraibana, TAG-Transportes Aéreos Glória, manifestando o desejo de explorar a uma linha aérea a partir de Cajazeiras.

Os derrotistas  No passado o Teco-Teco de Antonio Tomaz, salvou vidas, transportou homens de negócios e os que simplesmente queriam fazer turismo. Éramos felizes. Depois as linhas aéreas com vôos diários, com aeronaves de apenas 18 passageiros, sucesso absoluto de descida e subida de pessoas e cargas. Cajazeiras poderá reconquistar este espaço com a visão daqueles que a querem ver crescer e se desenvolver.

Os derrotistas  Foi dado o primeiro passo com a homologação, outros serão dados rumo ao futuro, mesmo contra aqueles que querem e estão “diminuindo” o valor material, mas esquecendo o histórico e o eminentemente sentimental, que representa toda a essência da vida dos verdadeiros cajazeirenses, em especial os que amam a cidade. “Roma não foi feita em um dia”

Na mosca  A Faisqueira se reportou recentemente a respeito da nomeação da esposa do vice-prefeito eleito de Cajazeiras, Marcos do Riacho do Meio, como o nome a ser indicado para ocupar o cargo de secretária de agricultura, a senhora Geni Silva. Por enquanto um salário familiar na ordem de R$21.500,00. Falta a nomeação do restante da família. Não venham a afirmar que é isto é nepotismo.

Do jeito certo  Qual o critério que o prefeito eleito de Cajazeiras vai adotar para nomear os seus secretários: político? Técnico ou familiar? Comenta-se que o anúncio será feito numa rua da cidade. Inova a maneira de se comunicar com o povo. É o novo jeito de governar.

O Boné  O Senador Raimundo Lira anda apelando para os amigos, por onde passou para ver se não deixou um boné de estimação num destes lugares. A cor do boné é preta. Quem souber do paradeiro e devolve-lo vai ficar eternamente grato.

Vou voltar  O governador Ricardo Coutinho ao se despedir dos amigos, depois de sua visita a Cajazeiras, ia logo avisando: estarei de volta em dezembro para inaugurar a adutora da zona norte. Está pronta e se encontra em fase de teste.

A tiracolo  Por onde anda o governador Ricardo Coutinho tem levado a “tiracolo” o deputado estadual Gervásio Maia, que é o nome mais badalada para ser candidato a governador da Paraíba. Ao colocá-lo nesta vitrine Ricardo sinaliza a sua preferência. Será que o futuro presidente da Assembléia vai topar a parada?

Esquecido  O Senador Maranhão teria dito a alguns amigos que foi “esquecido” de ser convidado para participar da festa de homologação do aeroporto de Cajazeiras, obra que ele teria ajudado a construir. Quem faz festa convida quem deseja. Talvez Ricardo e Maranhão não se sentissem a vontade quando  sentassem na mesma mesa.

Previous Grupo Terra: ensaio de espetáculo
Next Desfile do Corpo de Bombeiros em Cajazeiras

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *