A Faisqueira do Gazeta


Mostrando os números O ex-governador José Maranhão e pré-candidato ao governo do estado já mostrou os números de uma pesquisa ao senador Cássio da Cunha Lima (PSDB), ao prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB) e ao prefeito de João Pessoa Luciano Cartaxo (PV), com o objetivo de estabelecer um critério para escolher um candidato único pelas oposições. Estes números só podem ser favoráveis ao mesmo senão ele não defenderia o critério de pesquisa para a escolha do nome. Maranhão só tem de besta o bigode.

Prego batido, ponta virada? Dra. Paula, pré-candidata a deputada estadual vem anunciando que o prefeito de Cajazeiras, Zé Aldemir, já tem em quem votar para o governo do estado: José Maranhão. Fato inclusive já confirmado pelo senador Maranhão em entrevista na Rádio Alto Piranhas na última terça feira (05), que as conversas são positivas e que haverá um encontro hoje (08), em Brasília, para dobrar a ponta do prego.

Prego batido, ponta virada? No dia seguinte desta declaração, apareceu outra noticia: Zé Aldemir vai votar em João Azevedo, pois os dirigentes do PP teriam fechado um acordo com o candidato de Ricardo. Neste vai-e-vem da mulesta os eleitores de Zé Aldemir ficam iguais a cachorro que cai do caminhão da mudança: sem rumo.

Fotografia enigmática Enquanto o prefeito Zé Aldemir não se define, dois vereadores do seu esquema: Jucinério Félix e Neguim do Mondrean (seu líder na câmara) postaram nas redes sociais uma fotografia tendo entre os dois o candidato a governador Lucélio Cartaxo, mas Neguin postou também umas fotografias de sua participação num evento de Jeová e João Azevedo, em João Pessoa. E aí? Zé perdeu o comando? Eita lasqueira! Vai ser uma misturada dos infernos.

João Azevedo em Cajazeiras O grupo liderado por Carlos Antonio e Denise deverá apresentar o seu candidato a deputado estadual Júnior Araújo (Avante), numa festa programada para o dia 16 de junho no auditório da FAFIC e será neste encontro que será apresentado também, pelo grupo, João Azevedo, candidato ao governo do estado, além
de Efraim Filho, candidato a deputado federal. A campanha começa a ter uma definição em Cajazeiras.

João Azevedo em Cajazeiras Da forma como está sendo organizado o encontro para mostrar o candidato do grupo de Carlos/Denise, que é João Azevedo, não vai ter brecha para a outra banda que o apóia, participar. Lembram quando o grupo liderado por Jeová trouxe João Azevedo em Cajazeiras? Ninguém do grupo de Carlos/Denise compareceu. Será que vão ser mesmo dois palanques em Cajazeiras para João Azevedo? Esta divisão pode dá prejuízo.

Gobira quer ser médico O pré-candidato a deputado federal, o sapateiro Antonio Gobira, prestou vestibular para o curso de medicina numa instituição particular de Cajazeiras. “Quase passei” e disse ainda: “vou continuar estudando para passar”. Gobirajá gastou mais de um solado de seu sapato andando atrás de voto pela Paraíba inteira e quer também passar “no vestibular das umas”.

Qual será meu destino? O vereador Jucinério Félix, parece andar meio “desgostoso” com os fatos políticos que envolvem a sua vida e tem reclamado a beça do tratamento que vem recebendo do prefeito Zé Aldemir. Mas, se “romper” praticamente não tem pra onde ir. Eis o dilema! É melhor com o pouco, do que sem nada. Só “Santa” Paula na causa. Tem uns amigos de Juju que vêm pedindo pra ele se aconselhar com Marcos Barros, como ele faz para conseguir “tantas coisas” com Zé.

Cachorrada vai sair de férias Desde que foi “suspenso” o atendimento aos cachorros de rua de Cajazeiras, que o número deles vem aumentando consideravelmente. A cidade deverá passar no mínimo uns oito dias sem vê-los atrás das cachorras no cio, pelas ruas, devido o pipocar dos foguetões neste período junino. Desde o ano passado que ain-
da tem cachorro que não encontrou o caminho de volta de casa, tantos foram os foguetões. Não seria, talvez, uma solução para resolver o problema destes animais pelas ruas de Cajazeiras? Foguetões neles!

Mais um na briga O recém eleito diretor do IFPB, Campus de Sousa, professor Chiquinho Cicupira, defende que a reitoria do Instituto Federal de Educação seja instalada na cidade de Sousa. Estão no páreo: Cajazeiras e Patos. Vale lembrar que Sousa agora tem um deputado federal: Marcondes Gadelha. Vai ser uma “briga” interessante. Já tem parecer favorável na Câmara Federal, da lavra de Veneziano Vital.

Invasão? O deputado e candidato à reeleição Jeová Campos só não ampliaria sua voz de protesto contra o que seria uma espécie de “invasão” de seus redutos eleitorais, por parte de duas companheiras de partido, por estar afônico. Não tem a quem se queixar, todos os ouvidos dos “chefes” do PSB estão moucos. Não está sendo fácil digerir os acontecimentos.

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *