A Faisqueira do Gazeta


Novas universidades  Pela ação de seus deputados, o Piauí e Pernambuco ganham cada um  mais uma nova Universidade, enquanto os deputados da Paraíba só pensam em arranjar um jeito de se reelegerem. O Agreste de Pernambuco e o Vale do Parnaíba (Piauí) agradecem o incremento econômico e social que suas regiões vão ter. A do Sertão da Paraíba dorme em uma das gavetas do Congresso.

Instituto Federal do Sertão da Paraíba  A criação do Instituto Federal do Sertão anda mais avançado do que o projeto da Universidade Federal do Sertão. Cajazeiras tem que se engajar nesta luta, caso contrário, vai ficar a ver navios e outras cidades tomarão a sua dianteira. Vamos acordar.

Dedo cortado foi implantado   o vereador Marcos Barros “era um dedo cortado” para o prefeito Zé Aldemir, no inicio de sua gestão. O tempo foi passando e aos poucos os dois começaram a comprar linha e agulha para emendar o dedo. Hoje, nem cicatriz tem mais. Marcos se tornou o maior defensor do prefeito na Câmara Municipal de Cajazeiras. Nada que dois costureiros em matéria de política não possam fazer pra tornar elegante a festa do poder.

Estranhos no ninho  Andam falando, nos bastidores da Câmara Municipal de Cajazeiras, que o presidente Marcos Barros e o vereador Moacir Menezes não podem almoçar na mesma mesa. Como Moacir tem um restaurante, Marcos parece que se contenta em pedir uma “quentinha”.

Alívio  O vereador Rivelino Martins teria dito a alguns amigos que com a ausência dos vereadores Marcos Barros e Alysson Voz e Violão, quando da visita do governador em Monte Horebe, ele teria como se aproximar de Ricardo, pois quando eles estão por aqui não tem quem chegue perto do chefe. O poder é gostoso como pudim de mel.

Pesquisas  o resultado das pesquisas eleitorais, para consumo interno, que tem aparecido nos watsaps da vida, indicam que os três candidatos a deputado estadual de Cajazeiras: Dra. Paula, Júnior Araújo e Jeová Campos, têm sido os mais lembrados. Parece que os eleitores da cidade começam a criar juízo ao preferir os da terra para representá-los na assembléia da Paraíba.

Anda mais que burra de padre   O prefeito de Cajazeiras, médico José Aldemir, nos últimos meses, tem viajado mais para Brasília do que todos os prefeitos dos últimos 50 anos. Uns dizem que é para matar a saudade dos seus tempos de deputado federal, outros afirmam que é atrás de garimpar “dindim” para executar obras na cidade. Pelo sim, pelo não, não está tendo tempo sequer de tomar banho de chuva em Cajazeiras.

Gobira e Vituriano  Comentários das esquinas da cidade: os números de eleitores de Gobira estariam “minguando” e ameaçados com a postulação do médico Antonio Vituriano para a disputa de uma vaga na Câmara Federal. Enquanto isto Gobira mais nunca almoçou em casa. Pôs o pé na estrada, anda de canoa, a cavalo e de jumenta atrás de voto.

Gobira e Vituriano  Os dois candidatos a deputado federal, por Cajazeiras, Vituriano e Gobira, ainda não colocaram na rua os seus candidatos a deputado estadual, mas estariam defendendo nomes cajazeirenses, já que também pedem votos e defendem os seus nomes como filhos da terra. Fazendo o contrário, caem em contradição.

Lira para o senado  Existe um grande número de cajazeirenses que defende que os candidatos da terra, tanto a federal como a estadual deviam seguir o que pregam: quem é de Cajazeiras vota em candidato de Cajazeiras. Seria o caso de Dra. Paula, Júnior Araújo, Jeová Campos, Gobira e Vituriano, apoiar o nome de Raimundo Lira para o senado. Com a palavra os postulantes.

Morre a alegria e a irreverência   Morreu na cidade de João Pessoa, no último dia 23, Lindemberg Gomes de Lima, conhecido popularmente como Pacuti, pessoa das mais queridas e dono de uma capacidade ímpar de fazer alegria, de contar piadas com magistral irreverência e de uma presença de espírito que contagiava a todos que o cercava. Quando falava todos silenciavam para não perder o sabor de sua inteligente verve. Cajazeiras fica mais pobre com a passagem de Pacuti para as alamedas da saudade.

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *