Cajazeiras-PB, 21/10/2017

A Faisqueira do Gazeta

Um museu para Cajazeiras  Já tem data marcada para inauguração do Museu de Cajazeiras: dia 23 de novembro de 2017, data consagrada à Emancipação Política do Município. Será instalado no histórico Casarão de Epifânio Sobreira, na antiga Rua do Sol, palco e trincheira da resistência da invasão do cangaceiro Sabino Góis, a 28 de setembro em 1924. Este fato começa a resgatar a tradição cultural da cidade e marcará “ad perpetuam” a administração de Zé Aldemir, com direito a uma placa em bronze com os nomes em alto relevo.

Faca nos dentes  O prefeito de Cajazeiras, médico José Aldemir, ao regressar de São Paulo, onde foi fazer um check-up, ocupou os microfones das emissoras de rádio da cidade para responder algumas críticas sobre sua gestão, soltando umas “quentinhas” no ar. Como sempre contra atacou fazendo acusações sérias à gestão passada. Esta tem sido a estratégia dele ao se defender.

Ovação  Deverá haver escassez de ovos no mercado brasileiro, se cada político for recebido sob um tiroteio de ovos, por ter sido a favor das reformas no Congresso Nacional. Antes eram só estrondosas vaias, mas agora a recepção é com o famoso “disco voador”.

Bolsa Eleição  Na madrugada desta quinta-feira, dia 10, a comissão que trata da pseudo reforma política, no Congresso Nacional, aprovou seu texto base, que ainda pode mudar, mas tem um ponto que é intocável: o Bolsa Eleição, fundo criado para financiar as campanhas eleitorais, que para 2018 foi feito a reserva de R$3,6 bilhões. Esta “coisa” foi batizada de Fundo Especial de Financiamento da Democracia, um belo “apelido” para camuflar e roubar o contribuinte brasileiro. Isto é uma derrama de dinheiro limpo numa poça de lama.

Empréstimo  Há quem jure de pés juntos que se o governador Ricardo Coutinho fosse um aliado do governo Temer, o empréstimo que o Estado está pleiteando junto às instituições financeiras já teriam sido liberados há muito tempo. Há quem diga que as oposições a nível federal estariam botando o “dedo no suspiro”. “Em terra de sapos, de cócoras com eles”.

Lá é lá, aqui é diferente  O governador Ricardo Coutinho no dia do aniversário de João Pessoa, sua amada cidade, a presenteou com várias obras,  mais do que o prefeito Luciano Cartaxo. Em Cajazeiras, no próximo dia 22 de agosto, dia da cidade, não tem nada para presenteá-la. Por onde andam Jeová e Carlos Antonio?

Contagem regressiva  Faltam sete meses, prazo para desincompatibilização de Luciano Cartaxo (prefeito de João Pessoa), Romero Rodrigues (prefeito de Campina Grande) e Ricardo Coutinho (governador da Paraíba), renunciarem aos seus mandatos caso optem por serem candidatos nas eleições de 2018.

 Reencontro A tradicional Festa do Reencontro, realizada pela AC3, dentro das comemorações alusivas a emancipação política de Cajazeiras, deverá ser marcada pela presença de inúmeros políticos. Já com mesas reservadas – o prefeito Luciano Cartaxo, acompanhada de sua esposa Maisa Cartaxo, que é cajazeirense e deverá dançar e desfilar pelas passarelas do Campestre Clube na noite do dia 26 de agosto.

Deca  O empresário José Gonzaga Sobrinho, Deca do Atacadão, acaba de chegar de São Paulo, onde foi fazer um check-up, já se “organizando” para os embates eleitorais de 2018, quando pretende disputar um mandato de deputado federal.

Sem dúvida  O secretário João Azevedo será, sem dúvida, o candidato a governador a ser indicado por Ricardo Coutinho. Na última segunda-feira, dia 07, marcou presença no programa “Fala Governador” retransmitido por um pool de emissoras para todo o estado, além de ter feito o anúncio, na cidade de Campina Grande, do término do racionamento de água vivido por sua população. Mais claro do que isto só em noite de lua cheia.

Cada um no seu quadrado  Acompanhados da ex-prefeita Denise Albuquerque e pré candidata a deputado federal, os vereadores cajazeirenses, que irão votar Júnior Araújo para deputado estadual, Roselanio Lopes (PTB), Kléber Lima (PTB), Léa Silva (DEM), Moacir Menezes (DEM) e Delsinho (PTC), para uma visita ao secretário de Infraestrutura, Recursos Hídricos e do Meio Ambiente, João Azevedo. Na pauta: sucessão estadual. A outra banda que segue a orientação de Ricardo Coutinho, mas vota em Jeová Campos e Gervásio Maia, ficou em Cajazeiras.

SOBRE Gazeta do Alto Piranhas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *