Cajazeiras-PB, 22/10/2017

A Faisqueira do Gazeta

Frase da semana: “Denise é a única que pode polarizar com Dra. Paula numa campanha de deputado estadual em Cajazeiras”

Ivanildo Dunga no Congresso  Comenta-se que no rojão que vai e se for levado a sério que quem recebeu dinheiro de “caixa dois” poderá perder o mandato de deputado federal, o ex-vereador Ivanildo Dunga, com 1.383 votos tirados na última eleição como candidato a deputado federal, poderá assumir como quarto suplente. Eita lasqueira de sorte se isto acontecer.

Sala dez  Finalmente foi escolhida a empresa que cuidará da comunicação e da imagem da prefeitura de Cajazeiras: Sala 10 de Comunicação, com sede na cidade de João Pessoa, fundada em 2013 e que tem conquistado confiança no mercado pelas criativas peças produzidas. Espera-se que a Sala 10 possa dar uma maior visibilidade, não só ao governo de Zé Aldemir, mas também da cidade de Cajazeiras no cenário estadual. 

Lá e aqui é a mesma vergonha  Depois das cenas produzidas na Comissão de Ordem Econômica do Senado Federal, onde alguns senadores transformaram o plenário em um lugar menos indigno do que a “asa do cabaré de cabaré de Cajazeiras”, conclui-se que alguns  espetáculos, não republicanos, “produzidos” na Câmara Municipal de Cajazeiras são “fichinhas” diante do que ocorre em Brasília. Uma vergonha!

Desesperança  A profunda crise que atravessa o Brasil vem repercutindo de forma negativa no município de Cajazeiras: os milhões de reais, “encaminhados” via projetos, pelo prefeito Zé Aldemir, para obras importantes para a cidade ficaram muito difíceis de serem destravadas e aportar nos cofres do município. A periferia como sempre é que sai perdendo. Enquanto isto, os responsáveis, livres e lépidos,  vivem de orgias nos palcos da Europa e dos EUA, outros por enquanto estão presos aguardando tomar o mesmo destino.

Pifou  O vereador Jucinério tem usado a tribuna da Câmara Municipal de Cajazeiras, como artista que é, para “jogar” em função da platéia que lota as galerias, a exemplo da episódio da convocação da secretaria de agricultura e esta semana ao anunciar que teria uma “bomba” para anunciar, mas pareceu nem ter estopim e muito menos pólvora para sua explosão. 

Ninguém se perde na volta  O Ministério Público determinou que a antiga estrada do Catolé dos Maciel voltasse a ser usada pelos moradores da região, depois que um cidadão, possivelmente para se beneficiar, ter mudado o seu traçado, muito embora com permissão da prefeitura de Cajazeiras. O Promotor, de quebra, teria “convocado” o IBAMA para multar o responsável pela derrubada de árvores centenárias que tinha no novo traçado da estrada municipal.

Esforço em vão   O deputado estadual Jeová Campos quer o governador como aliado na luta para convencer Carlos e Denise apoiarem o seu projeto de retorno à Casa de Epitácio Pessoa, em 2018. Jeová, após confirmar a solicitação de um encontro entre Ricardo, Denise e Carlos para um acerto possível, poucos acreditam que este “enlace” possa acontecer.

Invasão  Jeová vê como uma “invasão” de espaço as constantes presenças da deputada estadual e candidata a reeleição, Estela Bezerra, na cidade de Cajazeiras, “trazida” pelo vereador Rivelino Martins, em quem votou e continua dando irrestrito apoio ao seu projeto de reeleição. Jeová,  Estela e Rivelino são do mesmo partido do governador Ricardo: o PSB a quem que estaria “fechando” os ouvidos para as reclamações de Jeová.

Vizinhas  A ex-prefeita de Cajazeiras, Denise Albuquerque, secretaria executiva da Ação Social da Paraíba, trabalha no mesmo andar da titular  Cida Ramos e que teria sido a responsável pela nomeação de um líder comunitário de Cajazeiras para exercer uma função pública. Este fato teria levantado a hipótese de Denise permitir a abertura de espaços também para Cida Ramos em Cajazeiras já que é candidata a deputada estadual.

Orfandade  Prevê-se que com uma quantidade enorme de candidatos a deputado estadual a serem votados em Cajazeiras, poderá se repetir o fato de eleições passadas: nenhum foi eleito e a cidade ficou órfã de representante na Assembléia da Paraíba. A História sempre foi uma grande “conselheira”, principalmente quando se trata de ações erradas.

Mudanças  Ouvir, analisar, conhecer mais e avaliar as possíveis melhoras tem sido o caminho seguido pelo novo Pastor da Diocese de Cajazeiras, Dom Francisco de Sales, quando se trata de “mexer” nas direções das paróquias e outros órgão de sua  imensa diocese, para alcançar os resultados desejados. Comenta-se que na sede da Diocese vão acontecer mais mudanças.

SOBRE Gazeta do Alto Piranhas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *